Secult lança o XIV Edital Ceará da Paixão 2018
14 de novembro de 2017
Primeira-dama Carol Bezerra participa de ação beneficente da Edisca
15 de novembro de 2017

Os blocos de samba já estão a todo vapor ensaiando para o Ciclo Carnavalesco de Fortaleza do próximo ano. O Corredor Cultural da Avenida Monsenhor Tabosa recebe, no sábado (18/11), uma programação cultural gratuita, com o ensaio do Bloco Bons Amigos, além da apresentação da cantora Claudine Albuquerque. A ação é uma parceria das secretarias da Cultura, de Turismo e da Associação dos Lojistas da Monsenhor Tabosa (Almont) e tem o objetivo de oferecer aos fortalezenses e turistas mais um espaço de ocupação, comércio e lazer.

Na Biblioteca Municipal Dolor Barreira, o destaque nesta semana é o bate-papo com o quadrinista JJ Marreiro, sobre os 100 anos de Jack Kirby, co-criador do Universo Marvel, na terça-feira (14/11), na Gibiteca. Já o cineclube gratuito Telas Abertas, da Escola de Audiovisual da Vila das Artes, tem como temática em novembro a “Negritude Infinita”, evidenciando o papel do negro na cultura popular, pela mídia televisiva e pelo cinema. A programação conta, na quinta-feira (16/11) com a exibição dos curtas “Alma no Olho” (1974), direção de Zózimo Bulbul; e “Kbela” (2015), direção de Yasmin Thayná, na Vila das Artes. No sábado (18/11), o projeto sai da Vila e vai ao Centro Cultural Bom Jardim, com a exibição de quatro filmes: “Dona Sônia Pediu Uma Arma Para Seu Vizinho Alcides”, direção de Gabriel Martins; “Chico” (2016), direção de Irmãos Carvalho; Rapsódia Para o Homem Negro” (2015), direção de Gabriel Martins; e “Momento Vício e Boa Sorte” (2015), direção de Diógenes Costa.

A programação cultural da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza, ainda conta com o projeto Bom de Fortaleza, com atividades culturais nas sete regionais de Fortaleza; festival de comida nordestina no Mercado Cultural dos Pinhões; contação de histórias na Biblioteca Dolor Barreira; Chorinho no Passeio Público; e Lançamento do Livro “Felicidade Fechada” de Miruna Genoino, no Centro Cultural Belchior.

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *