Sine municipal oferta 299 vagas de trabalho em Fortaleza
9 de agosto de 2018
Sebrae inscreve pequenas empresas para XX Encontro Internacional de Negócios do Nordeste
9 de agosto de 2018
Nesta quarta-feira (08), o projeto O Parlamento e sua História, coordenado pelo Memorial da Assembleia Legislativa do Ceará Deputado Pontes Neto, recebeu 44 alunos do 2º ano do Colégio Estadual Liceu do Ceará, para visita guiada à sede do Poder Legislativo.

Durante a visita, os alunos assistiram à palestra da jornalista Edna Pontes sobre o papel do Poder Legislativo e como atuam os deputados; visitaram instalações da AL, como o Plenário 13 de Maio ‒ onde acontece a sessão legislativa ‒ e a FM Assembleia, além de terem conferido o acervo do Memorial, com fotos e documentos sobre a história política do Ceará.

A estudante Gabrielly Maia, de 19 anos, achou interessante o funcionamento da Casa e os serviços que são oferecidos a todos os cidadãos, além dos cursos ofertados pela Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace). Ela acredita que, hoje, o eleitor tem uma responsabilidade maior ao escolher seus candidatos e ressaltou que ficou surpresa ao saber que apenas 30 mulheres exerceram cargos de deputada na Assembleia cearense.

Para a aluna Bárbara da Rocha, de 16 anos, o fato de poucas mulheres terem ocupado cadeiras na AL também chamou a atenção. “Fico triste em saber que a participação é tão pequena. As mulheres são metade da população”, lembrou a estudante. Para a adolescente, isso representa uma perda e uma menor representatividade das mulheres na política.

O professor de Sociologia Leonardo Carneiro esteve na Assembleia pela sexta vez com alunos do ensino médio. Ele faz questão de incluir a visita à Casa em suas atividades e explica que, antes de trazer os adolescentes, apresenta em sala de aula conceitos fundamentais sobre política. O professor considera que “a aula de campo é mais interessante e produtiva porque traz os estudantes para mais perto do assunto. Eles têm um conhecimento mais concreto e ficam mais perto do conteúdo”, ressaltou.

Para o coordenador do colégio, Sandoval Marques, este é o momento em que muitos deles começarão a votar e é importante entender sobre política, para terem a própria opinião e não serem apenas influenciados pelas opiniões de outras pessoas. Ele acredita que estar numa Casa Legislativa e compreender seu funcionamento ajuda a escolher deputados que tenham propostas que atendam as necessidades dos jovens.

Sobre o Projeto

O projeto O Parlamento e sua História é coordenado pelo Memorial da Assembleia Legislativa do Ceará Deputado Pontes Neto. Para fazer o agendamento e tirar dúvidas, basta entrar em contato pelo telefone (085) 3277-3700 ou pelo e-mail memorial@al.ce.gov.br.

Fotos: Reprodução

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *