Novos testes de vacina contra ebola
14 de janeiro de 2015
Chupetas customizadas: perigo para crianças
14 de janeiro de 2015

Se você tem muita vontade de correr, mas acha que não aguenta nem daqui até ali, agora você pode! A Runyoga foi criada pelo professor Roberto Losada e consiste em uma corrida que respeita os limites físicos de cada um, priorizando as passadas sincronizadas. Sendo assim, ela acaba exigindo pouco esforço físico.

Aqui, a parte mais importante é a mente. É preciso estar muito concentrado no esforço que se faz, na respiração, na temperatura do corpo e na necessidade, ou não, de diminuir a velocidade ou aumentar as passadas.

Runyoga2

Ultrapassar um possível adversário é a parte menos importante e a última coisa com que você deve ser preocupar.

O professor explica que a Runyoga só existe quando há harmonia individual, se você estiver sozinho, e coletiva, quando você corre em grupo e diz que nunca correu para chegar na frente.

Se você nunca correu, o ideal é que comece com os “trotes” e as passadas mais curtas. Quem já está familiarizado com a corrida pode abusar de uma passada mais larga e um ritmo mais forte.

Runyoga1

Segundo Losada, cada pessoa tem um jeito de correr. Quando você descobre a sua passada certa, não vai se cansar, não vai gastar tênis e não vai nem suar.

O gasto de energia é pequeno em cada passada, por isso é possível correr mais tempo, o que desenvolve a capacidade aeróbia (produção de energia pela queima dos nutrientes, principalmente glicose e gordura, pelo oxigênio). O aumento de energia possibilita correr distâncias cada vez maiores.

Para desviar o foco do esforço e aumentar a sensação de prazer você pode ouvir suas músicas preferidas durante o exercício ou até mesmo conversar com um amigo durante a corrida. Mas lembre-se de ficar sempre atento a sua respiração.

Runyoga5

A Runyoga ameniza a ansiedade, melhora a circulação, o sono, favorece o bom colesterol e até ajuda a emagrecer, em uma hora você pode perder até 500 calorias. Além disso, ela é ótima para o sistema cardiorrespiratório.

Se você se interessou por essa atividade, escolha três dias da semana para começar a praticar e vá aumentando as distâncias aos pouquinhos. Com a Runyoga não existe regra, você deve seguir seu próprio ritmo.

Porém, não queria fazer mais do que você pode e não ultrapasse os seus limites físicos. Isso pode lhe causar lesões sérias.

 

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *