Game of Thrones ganha série especial de bebidas
3 de outubro de 2018
Quarta Iracema traz programação para as crianças
3 de outubro de 2018

Sabiam que, de acordo com o MIT, o fim do mundo deve ser em 2040?

Para quem não conhece a sigla, MIT é a sigla do Instituto de Tecnologia de Massachussets, um dos mais renomados centros de pesquisa do mundo! Pois bem, e vem de lá a notícia de que o fim do mundo já está com data marcada. E dessa vez, quem disse não foi nenhum profeta, nenhuma placa antiga encontrada em escavações ou qualquer coisa do tipo não. Dessa vez a data do fim do mundo foi calculada por um programa científico!

Pois bem, um antigo cientista do MIT, Jay Forrester, desenvolveu um computador em 1973 com uma finalidade bem especial. Chamado de World One, ele seria capaz de calcular por quanto tempo nosso planeta conseguiria aguentar o crescimento populacional, e o quão bem a Terra passaria por isso.

A ideia da criação desse supercomputador veio de uma organização que se intitulava Club of Rome. Nele, estavam presentes grandes líderes mundiais,membros da ONU, pesquisadores e afins. A ideia era saber antecipadamente por quais desafios o planeta iria passar e, com isso, buscar meios de prevenir desastres e afins.

Porém, o que se descobriu foi que temos muito menos tempo do que pensamos. Segundo o programa, se a população continuar crescendo na mesma proporção e a exploração dos recursos naturais juntamente com a expansão industrial também continuarem como estão… O planeta entraria em colapso em 2040! Isso mesmo, o fim do mundo aconteceria em pouco mais de vinte anos!

E a coisa só piora, viu?

Segundo esse programa, em 2020 as condições de vida no planeta piorariam drasticamente. Os níveis de poluição seriam tão altos que pessoas morreriam devido a contaminação. Isso daria o start para um declínio populacional, que cairia para níveis similares aos da Idade Média. Ou seja, seria o fim da civilização como conhecemos!

Sem querer ser alarmista, mas… A previsão não é nada boa, hein? E olhe que estamos falando de uma pesquisa do maior instituto de tecnologia do mundo!!! A boa notícia é que ainda dá tempo de tentar reverter – ou pelo menos minimizar! – isso. Reciclagem, diminuição da emissão de gases poluentes, consumo consciente e várias outras coisas podem ser feitas para dar um alívio para nosso planeta.

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *