Dá em Nada com Molho Shoujo pros Sete Reinos no Podcasts do Ceará!!!
11 de julho de 2019
Teatro São José recebe show de lançamento do Festival de Música da Juventude
11 de julho de 2019

Todo mundo, em algum momento da vida, pensou em quais seriam suas últimas palavras antes de morrer. Se elas seriam dramáticas, divertidas ou memoráveis… Bom, isso depende de quem as está falando, afinal, o leito de morte é a última oportunidade de uma pessoa fazer algo memorável. O fato é que mesmo entre as celebridades, esse é um interessante marco. Listamos aqui as últimas palavras de diferentes celebridades para, quem sabe, inspirar você quando o seu momento chegar – esperamos que daqui a muito tempo!

“Eu vou ao banheiro para ler”

É de conhecimento geral que o eterno Rei do Rock morreu no banheiro. E segundo consta, ele disse isso para sua noiva na época, Ginger Alden, um tempo antes de ser encontrado morto. Para aqueles que acreditam que Elvis não morreu, porém, isso não tem nenhuma relevância, claro…

“Eu estou indo, mas eu estou indo em nome do Senhor”

A cantora Bessie Smith se despediu do mundo com essas inspiradoras palavras.

“Eu estou perdendo”

Assim se calou a voz de Frank Sinatra para sempre…

“Eu vou mostrar para vocês como não vou atirar”

Essas foram as últimas palavras do cantor Johnny Ace, que morreu em 1054 após ser atingido quando brincava com sua pistola.

“Nunca se sabe o final. É preciso morrer para saber exatamente o que acontece depois da morte, embora os católicos tenham suas esperanças”

Alfred Hitchcock se mostrou genial até nos minutos finais de sua vida.

“Você é maravilhosa”

Sir Arthur Conan Doyle, criador das histórias de Sherlock Holmes morreu ao lado de sua esposa.Após dizer estas palavras a ela, deitou a cabeça em seu colo e faleceu.

“Nada além da morte.”

Assim respondeu a escritora Jane Austen à sua irmã, quando esta lhe perguntou, em seus minutos finais, se ela queria alguma coisa.

“Vá embora, últimas palavras são para bobos que nunca disseram o suficiente.”

A frase acima foi dita por Karl Marx quando sua empregada doméstica perguntou quais seriam suas últimas palavras. Ela as queria anotar para a posteridade e recebeu essa resposta.

“Deem-me café, eu quero escrever!”

O poeta Olavo Bilac teria dito essas palavras após acordar no meio da madrugada, com febre e uma grave infecção no pulmão que o levou à morte minutos depois.

“… e saio da vida, para entrar na história.”

Em sua carta de despedida, Getúlio Vargas escreveu essas palavras. Em seguida, tirou a própria vida com um tiro no peito.
Inspirados para suas últimas palavras?

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *