Vem aí o VIII Curta o Gênero
21 de outubro de 2019
O poder do afeto: professor literalmente desarma aluno ao abraçá-lo
21 de outubro de 2019

Saiba quais são os principais erros ao comprar passagens de avião pela Internet

Está planejando uma viagem? Bom, para evitar que você cometa alguns erros comuns ao fazer a compra das suas passagens pela internet, a equipe do Hype listou quatro dicas básicas que irão fazer total diferença na economia do seu planejamento.

As orientações são do educador financeiro, Ricardo Natali e o Pátio Hype compartilha tudo com você, desliza mais um pouco e saiba mais!

1.Não acumular milhas

Um dos principais erros ao comprar passagens online é não usar os serviços de milhas aéreas. Para juntá-las existem três alternativas: a primeira é ao comprar itens nos cartões de créditos. Se você costuma usá-los com frequência, é possível obter desconto no voo, trocar por passagens e o melhor, sem pagar nada a mais. Para usar esse benefício, cadastre-se no programa oferecido e a cada pagamento de fatura, os pontos ficam disponíveis para serem usufruídos. Vale ressaltar que os pontos expiram a cada dois anos, por isso é preciso planejamento, Ok?

A segunda alternativa é transferir pontos acumulados e ganhar bonificação. Por exemplo, o seu esposo tem 10 mil pontos no cartão de crédito, ele pode transferi-los nessa época de promoção e duplicar a quantidade de pontos. É possível comprar uma passagem por 3500 pontos e usá-las para destinos como de São Paulo para o Rio de Janeiro ou de Maranhão para Belém. Para os Estados Unidos, é preciso ter entre 25 mil pontos, enquanto para a Europa, 35 mil.

A terceira alternativa é comprar em estabelecimentos parceiros dos programas de fidelidade, dessa forma você pode usar além do cartão de crédito, cartão de débito ou boleto bancário. Cada loja tem as suas próprias regras e a cada valor gasto pelo consumidor, é transformado em pontos acumulados.

2.Perder promoções

Fique de olho nas redes sociais das empresas aéreas e saiba das promoções e descontos de passagens. Além das mídias sociais, acompanhe os sites oficiais das companhias e cadastre o seu e-mail para ficar por dentro das ofertas. A qualquer momento podem ser anunciados descontos, porém, nas datas comemorativas é mais comum acontecer. No dia do seu aniversário, por exemplo, eles podem enviar um código promocional e nada de esquecer a Black Friday que acontece no mês de novembro.

3.Não pesquisar

Nada de comprar por impulso reserve algumas horas do seu dia para fazer uma boa pesquisa e comparar os preços. Uma ótima opção é olhar sites que unem os preços de todas as companhias aéreas e faça a análise. Selecione também a opção para receber alertas e e-mails, assim você será avisado quando surgir alguma promoção. Para viagens nacionais, o recomendado é que você compre as passagens com pelo menos 30 dias antes e para voos internacionais, dois meses com antecedência. Pois comprar de última hora, pode acabar saindo por um valor ainda mais caro. Ahhh! E se você já escutou o mito que as passagens costumam ficar mais baratas de madrugada, não existem dia ou horário específicos que deixam as tarifas menos caras.

4.Não ter flexibilidade de datas

Viajar na sexta-feira, sábado ou domingo, costuma sair mais caro do que entre os dias da semana, como terça-feira ou quarta-feira, por exemplo. As empresas aéreas diminuem o preço dos dias da semana para incentivar as pessoas a comprarem. Do mesmo modo que as datas próximas de feriados também tem valores mais altos. Portanto, se você pode viajar no meio da semana, planeje-se e busque por alternativas mais baratas, certo?

A dica Hype mais importante de hoje é, antes de efetuar a compra pela internet, preste atenção no site. Leia os comentários nas publicações, veja referências, dessa maneira as chances de ter prejuízo financeiro é menor.

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *