Adesão ao Simples Nacional encerra dia 29
22 de janeiro de 2016
Estudo sobre amigos no Facebook mostra o que todo mundo já sabe
22 de janeiro de 2016


Segundo o IBGE, no Brasil existem mais de 45 milhões de pessoas com deficiência. Dados do órgão também mostram que metade dessas pessoas estão desempregadas. No Ceará, são 2,3 milhões de cidadãos com algum tipo de deficiência, sendo que 58% desses estão desempregados. Do total de empregados, a estimativa é que 69% recebem até um salário mínimo.

Para ajudar a minimizar esse grave problema social e econômico no Brasil, a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), em parceria com a Universidade Estadual do Ceará, o Instituto de Pesquisas e Projetos – IEPRO/Uece, a Citinova e a Dell Computadores, lançaram na manhã da última quarta-feira (20) o projeto “Educação a Distância para Pessoas com Deficiência ou em Situação de Vulnerabilidade Social”.

A iniciativa visa capacitar o aluno na área de desenvolvimento de sistemas na Linguagem de Programação Java, nos níveis básico e intermediário. A capacitação conta com aulas semipresenciais, horários de estudo flexíveis e acompanhamento de tutores durante todo o processo através da plataforma virtual de ensino desenvolvida pela Dell.

pessoas com deficiência  2Todos os cursos serão certificados pela Uece e a previsão é que sejam iniciados na primeira semana de abril. A formação com duração de um ano (900h/aula) contará com cinco módulos: Nivelamento Inglês Básico, Informática e Lógica Matemática; Introdução à Lógica em Programação; Programação Orientada a Objetivos (Nível Básico); Aplicações Web com Java e Banco de Dados (Nível Intermediário) e Empreendedorismo e Ética Profissional.

Desde 2004, a DELL já investiu 30 milhões em Pesquisa e Desenvolvimento no Nordeste. Desse investimento 19,8 milhões foram no Ceará, especialmente em projetos de educação (com aporte de R$10,6 milhões), gerando mais de 240 empregos diretos, com 70 pessoas com deficiência já contratadas no Estado.

Para se inscrever, é necessário ter concluído ou estar cursando o nível médio. Haverá prioridade para os moradores do bairro Vicente Pinzon e para os que recebem até meio salário mínimo. A seleção prossegue aberta até o dia quatro de março.

O edital está disponível no site www.projetolead.com.br.

Fotos: Reprodução. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *