Os 5 erros mais comuns que espalham bactérias pelo banheiro!
16 de maio de 2018
Pesquisa do Sebrae mostra perfil dos empreendedores de negócios de impacto social
16 de maio de 2018

SPC Brasil oferta plataforma gratuita de emissão de nota fiscal eletrônica para lojistas não caírem no fisco

Atenção, empresários cearenses! A partir de 1º de junho, a Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz-CE) irá descontinuar seus sistemas gratuitos para a emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e). Com a mudança,  faz-se necessário procurar outra alternativa para o fim do emissor gratuito de NFe, afim de continuar emitindo notas e sem deixar que a sua empresa seja prejudicada ou multada, prejudicando os negócios como um todo! Atualmente, uma das opções mais vantajosas e completas do mercado é a plataforma do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), o SPC NFe.

O sistema do SPC Brasil é uma rede social corporativa que otimiza, de forma gratuita, os processos de controle de notas fiscais eletrônicas, como emissão e manifesto do destinatário (MDe). Outra funcionalidade da plataforma é o armazenamento dos arquivos das NFe em um sistema seguro e disponível 24 horas por dia para consultas, inclusive com a possibilidade de importação do histórico de dados. Neste último caso, a funcionalidade é gratuita nos seis primeiros meses de uso. Após esse período, o contribuinte paga a menor taxa do mercado entre os aplicativos que trabalham com o mesmo serviço.

Além disso, o SPC NFe não exige instalação no computador do usuário (é online e pode ser acessado de qualquer lugar, através da Internet) e não possui limite para emissão de notas.

Obrigatoriedade

Embora a emissão de notas fiscais eletrônicas seja uma realidade para grande parte do empresariado, muitos empresários não sabem que é obrigatório por lei armazenar esses documentos em formato XML por pelo menos cinco anos. Se o arquivo requerido pela Receita Federal (compra, venda ou serviços) não estiver devidamente armazenado no formato XML, o fisco pode aplicar multas. Some-se a esse problema o cruzamento de dados que a Receita Federal costuma fazer nas transações entre empresas. Ou seja, se surgir alguma disparidade nas informações declaradas, é provável que ele procure tanto o fornecedor como o cliente e quem não tiver essas notas armazenadas, provavelmente sofrerá sanções financeiras.

Além de otimizar os processos de controle das notas fiscais, o SPC NFe também disponibiliza outros recursos como integração eletrônica de Dados (EDI), ordem de pagamento eletrônica (EPO), antecipação de recebíveis soluções de pagamentos eletrônicos e marketplace. Para adquirir a nova solução o empresário interessado deve associar-se ao SPC Brasil, por meio das CDLs.

Informe-se e conheça a plataforma! Os negócios agradecem!

 

 

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *