Ela provou que é possível sentir medo em um tuíte apenas…
13 de março de 2018
Sintonia: Netflix e Kondzilla anunciam parceria para 2019
13 de março de 2018

Taylor Swift é acusada de plágio no vídeo de Delicate

Ontem mostramos aqui o novo clipe da Taylor Swift. Delicate é a quinta música do álbum Reputation e ainda fala sobre a temática de como é difícil ser famosa e estrela e frágil e tudo aquilo que tem sido mote para Taylor nas últimas músicas. Pois bem, o clipe tem um clima fofo e engraçado, como a própria Taylor, e cativou os fãs. Porém, nem tudo são flores, já que menos de 72 horas depois, já está rolando acusação de plágio no vídeo de Delicate

Algumas pessoas repararam que o vídeo novo de Taylor Swift tem partes muito parecidas com a de um comercial de perfume. Na verdade, é como se o conceito completo do vídeo tivesse sido tirado da propaganda. Trata-se de um vídeo de 2016, dirigido por Spike Jonzie para a divulgação de uma fragrância da Kenzo. Olha só o que a galera tem comparado para justificar o suposto plágio no vídeo de Delicate:


(Olhar distante e sorriso morno)


(olhar distante e sorriso morno)

 


(O vídeo de Delicate da Taylor Swift é a versão de um homem pobre para a propaganda de Spike Jonzie para a Kenzo. Esse hit merecia mais)

 


(- Olhar contemplativo/solitário para longe da câmera | – Caretas e piscadas esquisitas)

 


(- a dança de um gorila com raiva | – gesticulação para a cabeça de um homem que não está prestando atenção)

 


(- Andar marchando | – Giro de balé (um ótimo, o outro… não tão bom – é certo que Margaret QUalley é uma deusa mutante da dança, então Taylor se deu mal aqui…)

 


(Isso também é importante; dançar sob o holofote!)

Então gente, que treta, hein? Para que cada um tire suas conclusões sobre ter ou não ter tido plágio no vídeo de Delicate, confira os dois vídeos abaixo:

Taylor Swift – Delicate

Spike Jonzie – Propaganda da Kenzo


E aí, rolou ou não plágio?

Fotos e vídeos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *