Receita do dia – Salada de salpicão fácil e rápida!
7 de janeiro de 2019
DIY – Reutilizando latas na decoração!
8 de janeiro de 2019

Vestido inteligente mostra quantas vezes uma mulher é apalpada em uma festa

Todo dia, vemos campanhas e campanhas falando sobre o respeito às mulheres – e ao corpo delas. Porém, infelizmente, um comportamento muito recorrente entre homens é deles simplesmente “passarem a mão” nas mulheres, mesmo sem o consentimento delas. É a terrível apalpada. Pois bem, aqui no Brasil, a agência de publicidade Ogilvy (patrocinada pela Schweppes) resolveu testar um vestido inteligente que é capaz de contar quantas vezes que homens tocam essa mulher sem o consentimento dela.

O tal vestido inteligente possui uma série de sensores eletrônicos que respondem à pressão. Então antes que qualquer cara venha dizer que é “mimimi”, que foram esbarrões ou toques não intencionais, o equipamento consegue distinguir apalpadas de acidentes.

Pois bem, três diferentes mulheres saíram usando o vestido inteligente e os resultados foram impressionantes! Em menos de três horas, todas três foram tocadas sem consentimento 157 vezes. E os resultados foram limitados a uma boate! Todos os dias lemos notícias de mulheres que sofreram assédio e estupros, mas um número desses é realmente difícil de acreditar. Não é à toa que 86% das mulheres entrevistadas disseram já ter sido assediadas ou abusadas ao frequentarem boates.

A ação faz parte de um projeto chamado Dress for Respect (algo como “vestido para respeito”, em português), que tenta mostrar como as mulheres ainda sofre com os toques sem consentimento. Esses dados são do Brasil, e, nos Estados Unidos, um estudo recente mostrou que 81% das mulheres já passaram por alguma forma de assédio sexual em suas vidas.

Lá, a pesquisa foi ainda mais longe, e incluiu todas as facetas da vida das americanas. 20% de todas as adultas afirmaram já ter sofrido assédio sexual no ambiente de trabalho. A organização RAINN (Rede Nacional de prevenção de Estupro, Abuso e Incesto) estima que a cada 98 segundos, uma mulher americana é vítima de violência sexual.

É importante mudar isso!

Fotos e vídeo: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *