Cinema negro e suas gerações no Cineclube Telas Abertas
6 de dezembro de 2018
Sexonambulismo – Conheça as características deste distúrbio e por que ele é tão polêmico!
6 de dezembro de 2018

Vídeo de gari falando sobre racismo viraliza e é o que você precisa ver hoje

É absurdo que, ainda hoje, as pessoas achem que falar sobre racismo é mimimi. Que discutir a diferença de oportunidades entre brancos e negros é bobagem, e que o Brasil trata igual todo mundo. Para mostrar – mais uma vez – que a coisa não é bem assim, um gari chamado Jr Jota publicou em sua página no Facebook duas fotos. Em uma, ele mostrava um grupo de médicos. Em outra, um grupo de garis. E na descrição, chamava atenção para o fato de não haver nenhum negro entre os médicos enquanto que na de garis, tinham vários.

Nem precisa falar que a imagem por si só mostra todo o racismo estrutural em nosso país, certo? Mas não foi bem isso o que algumas pessoas pensaram…

Logo o Facebook de Jr Jota foi invadido por pessoa – em sua maioria brancas – dizendo que era tudo mimimi, e que qualquer negro que se esforçasse poderia fazer facilmente uma faculdade de medicina. O gari então deletou as duas fotos e resolveu fazer um vídeo explicando melhor a situação. Quem sabe assim as pessoas entendiam, certo?

Ao longo do vídeo, além de falar sobre o racismo em nosso país, o gari dá uma verdadeira aula de história ao partir da escravidão em nosso país para, ao final, analisar as imagens que ele havia postado. “Quando o negro foi solto da escravatura no Brasil, ele foi simplesmente largado”, ele fala. Olha só o vídeo:

E assim ele vai discorrendo sobre os efeitos do que ele chama de “efeito borboleta da escravidão”, que reflete ainda hoje nas condições diferentes em que negros e brancos vivem no Brasil. E para quem ainda acredita que falar de racismo, que discutir essa questão é “mimimi”, que é tudo uma questão de meritocracia e não de cor de pele, a gente deixa a frase de Jr Jota:

“Então sim, não é igual. O Brasil é sim um país racista. A gente tem sim coisa pra reclamar. Se você branco não sabe, é chato passar na rua e na mesma hora a polícia te parar.”

Fotos e vídeo: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *