Prefeitura de Fortaleza oferece capacitação gratuita para empreendedores durante o mês de julho
6 de julho de 2018
Dicas para nunca mais errar na escolha do tom de base!
9 de julho de 2018

Você está entendendo tudo das gírias baianas em Segundo Sol?

A novela Segundo Sol chegou causando antes mesmo de estrear. Primeiro, veio uma polêmica pela ausência de um número maior de atores negros no elencos. Vale lembrar que a novela se passa na Bahia, uma das maiores comunidades negras fora da África. Depois, muito se questionou sobre como os atores fariam o sotaque, afinal, sempre que uma novela da Globo se passa no Nordeste, o sotaque usado nem sempre é o real daquela região.

Mas agora que a novela já está no ar, o que tem chamado atenção mesmo são as gírias baianas! A cada episódio, o público foi se apaixonando pelo jeitinho de falar da Bahia, mas às vezes ainda fica difícil entender o que, de fato, os personagens querem falar. Então, a gente preparou um “mini-dicionário de baianês” para que não fiquem mais dúvidas!

Aonde?

Quer dizem que não, que é uma coisa que não tem chance nenhuma de acontecer.

Apertando a mente

Se alguém está apertando sua mente, esse alguém está lhe pressionando, colocando pressão. Então, a variação não aperte a minha mente quer dizer “não me perturbe”, “não me encha o saco”.

Barril / Barril dobrado

Aqui é uma expressão que pode ter dois significados, depende do contexto. Ou pode ser algo incrivelmente bom, muito legal ou, o contrário, pode significar problema em dobro.

Brocar

Brocar é mandar bem, se garantir, arrasar… Ou seja, fazer algo bem feito.

Calundu

Estar de calundu, ou seja, estar de mau humor.

Cumê água

Eis uma das gírias baianas que mais têm feito sucesso. Sair para cumê água é sair para beber, tomar todas,

Comer pilha

É meio que o oposto de brocar… Ou seja, é quando a pessoa é feita de otária, passada para trás.

Está rebocado

Se uma coisa está rebocada, então ela não tem mais jeito.

Massa

Massa… Massa é massa, sabem? É quando algo é bom, é bacana, é incrível, é massa!

Na tora

Se não vai porque quer, vai na tora, ou seja, vai à força.

Se pique, se saia

É basicamente um bom e velho mandado de vá embora, saia daqui!

E aí, essas gírias baianas são massa demais! Estão rebocadas!

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *