SPFW N50 – Tudo sobre o quarto dia da fashion week
10 de novembro de 2020
aprender inglês
3 youtubers brasileiros que vão te ajudar a aprender inglês
10 de novembro de 2020

10 bons filmes arruinados – ou quase! – por efeitos especiais ruins

efeitos especiais ruins

À medida em que a tecnologia avança nos mais variados, setores, o cinema se beneficia. Isso porque, depois que as técnicas de computação gráfica – o famoso CGI – foram se modernizando, os filmes de hoje em dia deixam aqueles efeitos especiais de antigamente no chinelo. Claro que não estamos aqui questionando tecnologia alguma, mas vamos combinar: tem muito filme bom, até aqueles com alto orçamento que trazem efeitos especiais ruins, certo? São cenas tão mal feitas ou forçadas que deixam até o espectador constrangido. Então, vamos deixar a polêmica no ar e relembrar alguns deles!

Os vampiros de Van Helsing

Ok, esse não é nenhuma obra prima do cinema, mas é um bom filme de ação com terror gótico. Mas, na verdade, esse longa é uma das provas que esse lance de efeitos especiais ruins não é coisa de filmes para lá de antigos. Van Helsing pode não ter sido lançado ano passado, mas traz uns vampiros feios que doem que parecem do século passado!

O Escorpião de O Retorno da Múmia

Se em A Múmia a equipe de efeitos especiais arrasou – lembra do rosto na tempestade de areia? -, na continuação a coisa não foi do mesmo jeito. Isso porque Dwayne Johnson como Escorpião Rei em CGI ficou uma coisa vergonhosa…

A perseguição do dinossauro de King Kong

Não sabemos ao certo quem inventou de misturar King Kong com Jurassic Park, mas bem poderiam ter pego os efeitos especiais deste segundo filme, não acham? Aquela cena da perseguição dos dinossauros ficou apenas muito feia em termos de efeitos especiais ruins…

Neo e múltiplos agentes Smith em Matrix Reloaded

Ok, a gente sabe que se não fosse por Matrix, não teríamos muitos dos efeitos especiais incríveis que temos hoje. E toda a trilogia é repleta e efeitos especiais incríveis que ainda hoje fazem os fãs vibrarem. Mas essa cena da luta entre Neo e o monte de Smiths ficou bem tosquinha, vai… Admitamos…

Os zumbis de Eu Sou a Lenda

O filme é uma excelente adaptação, isso não vamos negar. Mas tudo vai indo muito bem, a cidade destruída e abandonada, o suspense psicológico, o drama do cachorrinho, tudo beleza até que… Os tais zumbis que mais parecem vampiros meio fantasmagóricos aparecem e bam! Lá se vai toda a credibilidade… Nas cenas finais então, melhor nem comentar…

O windsurf em 007 – Um Novo Dia para Morrer

Não venha com essa de “ah, mas filme de ação é de mentira mesmo! Quem assiste sabe!”. Até porque a gente também defende essa tese. Mas não é por que o filme é mentiroso que os efeitos especiais ruins estão justificados! E essa cena do windsurf meio kitesurf no gelo é algo que não tem explicação de tão esquisita para um filme com orçamento tão alto…

Os animais em O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos

Eis uma coisa tosquinha que não é nem um efeito especial ruim em si. Mas é que na cena em que os hobbits estão na casa do troca-peles Beorn, há vários animais como vacas e carneiros. Mas eles são tão mal feitos que é visível que não passam de bonecos que balançam as cabeças. Nem nos anos 70 a coisa era tão óbvia…

O bebê de Sniper Americano

Na falta de um bebê ator para uma pequena aparição em um filme, qual a melhor solução? Um modelo digital? Não se você for old school como Clint Eastwood. Ele apelou para o bom e velho boneco. O problema é que era visível que se tratava de um boneco, e a coisa toda acabou ficando ridiculamente falha… A ponto de se tornar mais comentado do que o filme em si. Mais um dos que não é bem um efeito especial ruim, mas merece entrar para a lista!

Legolas em O Senhor dos Anéis: As Duas Torres e O Retorno do Rei

Nestes dois filmes, sempre tem um momento “incrível e impossível” de Legolas. Em As Duas Torres ele monta de costas em um cavalo – e de uma forma humanamente impossível, mas ok, ele é um elfo! Já no outro filme, ao atacar um olifante e derrubar ao animal e aos guerreiros montados nele ele praticamente faz isso magicamente. Gente, são efeitos especiais muito pobres e forçados para filmes que ganharam o Oscar de melhores efeitos visuais, não acham?

A boca do Superman em Liga da Justiça

Na eterna briga entre fãs da Marvel e fãs da DC, Liga da Justiça infelizmente dá munição para quem não gosta muito da turma do Super-Homem. Isso porque o longa passou por vários problemas em seus bastidores, o que resultou em regravações e mais regravações. E nesse momento, Henry Cavill, o Superman, estava gravando Missão Impossível: Efeito Fallout, com um contrato que o proibia de raspar o bigode. Mas o Superman não tem bigode! Pois é, em vez de esperarem um pouco, a produção resolveu tomar o caminho mais difícil: apagar digitalmente o bigode do ator. E assim nasceu uma piada que é feita até hoje quando falam do filme…

Mas gente… Se tem tanto dinheiro envolvido na produção, porque esse baixo orçamento nos efeitos especiais? Vocês lembram de mais efeitos especiais ruins em filmes bons filmes? Conta para a gente aí nos comentários!

Fotos e vídeos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *