lixo das praias
Startup transforma lixo das praias em chinelos
26 de abril de 2021
Almofadas – Dicas e tendências de decoração.
26 de abril de 2021

Quem não gosta de ver os filhos crescendo de forma saudável, não é mesmo? Por isso, o Pátio Hype preparou uma lista para você com 5 dicas de como trabalhar a educação alimentar e o paladar infantil. Confere aí!

Antes de mais nada, é comprovado que o paladar se forma na infância. Logo, ter uma relação saudável com os alimentos durante essa fase da vida é extremamente importante.

Além disso, educar o paladar dos filhos é uma das formas mais eficazes de prevenção da obesidade infantil e adulta. Do mesmo modo, vale lembrar, que a alimentação saudável também favorece o crescimento e desenvolvimento adequado dos pequenos, além de prevenir deficiências nutricionais.

Educação alimentar

1 – Como iniciar a introdução alimentar

A princípio, segundo os nutricionistas, a melhor forma de iniciar o processo de educação alimentar infantil é começar com as frutas amassadas e na medida em que a criança for aceitando, oferecer as frutas em pedaços maiores e porventura inteiras.

educação alimentar

2 – Estimule os 5 sentidos na Educação alimentar

Em segundo lugar, é muito importante deixar o bebê explorar os alimentos livremente. Dessa forma, a criança pode sentir o cheiro, o gosto e a textura dos alimentos. Nesse sentido, corte os vegetais e as carnes em pedaços, em cortes seguros para seu filhote não se engasgar.

Embora a brincadeira com a comida possa transformar a cozinha em uma verdadeira bagunça, essa fase de exploração é muito importante. Por isso, Dê essa oportunidade ao seu bebê, isso será decisivo para a boa alimentação dele no futuro.

Educação alimentar

3 – Crie um ambiente tranquilo

Como a criança está se sentindo na hora da refeição e o local em que ela como são outros fatores cruciais para o paladar! Afinal, é importante que a criança se sinta confortável. Logo, veja se a comida está sendo servida em um local adequado sem algum fator que cause irritação.

Educação alimentar

4 – Para uma educação alimentar de sucesso, aposte na variedade!

Uma alimentação variada é uma alimentação colorida! Portanto, a cada dia um novo alimento de cada grupo deverá ser escolhido para compor a refeição. Os profissionais aconselham a introdução de duas frutas diferentes por dia, principalmente as amarelas ou alaranjadas que são ricas em Vitamina A.

Ainda assim, ofereça carne nas refeições, sempre que possível, e uma vez na semana tente acrescentar miúdos que são boas fontes de ferro.

Dica: Para que o ferro presente nos vegetais folhosos e feijões seja melhor absorvido, estes alimentos devem ser consumidos juntos com os ricos em Vitamina C.

5 – Não force e não substitua

O trabalho de criar e educar uma criança é trabalhoso e requer muita paciência, não é mesmo? Na alimentação não seria diferente! Pressionar a criança a comer, insistir demais ou ficar nervoso diante de uma recusa são erros que só atrapalham o processo.

Use o bom humor e a paciência como aliados para tornar o momento prazeroso. Por mais cansativo que seja, é necessário pensar que uma educação alimentar bem feita, durante a infância, poupará seu filho de vários problemas em relação a comida no futuro.

E aí, curtiu? Conta para a gente o que você achou e comente aqui embaixo que outras dicas auxiliam no processo da educação alimentar infantil. Lembre-se de visitar o Pátio Hype regularmente para ler mais matérias como essa. Até a próxima!

Fotos: reprodução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *