10 curiosidades sobre o cinema
26 de dezembro de 2016
Dicas de carreiras para quem se interessa por sustentabilidade
26 de dezembro de 2016

Estamos de volta com o último post do especial #Todospelaágua! Ao longo dele, aprendemos muita coisa bacana sobre uso consciente da água, não é mesmo? E para encerrar, vamos falar de algo também muito importante. Como muitos sabem, o nível de chuvas em nosso Estado permanece baixo. E uma das maiores consequências disso é a diminuição do volume de água em nossos reservatórios.

E quando as reservas diminuem, o que acontece? Racionamento. Mas ficar com abastecimento de água reduzido é muito chato. E como evitar isso? Consumindo com consciência e evitando o desperdício. Cada um tem que fazer a sua parte, e o Governo do Estado do Ceará já está fazendo a dele.

O Governo do Estado, em parceria com a Cagece, Cogerh e Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra), com apoio da Secretaria de Recursos Hídricos (SRH) e Secretaria das Cidades desenvolveu um plano de contingência para evitar o racionamento e garantir o abastecimento de água em Fortaleza e sua região metropolitana. Trata-se de uma série de ações que visam reduzir em 20% o consumo de água, com investimentos previstos em R$ 72,1 milhões.

agua2Confira abaixo algumas das ações desse plano de contingência – mas pode pode ter acesso completo ao Plano de Segurança Hídrica clicando aqui:

  • Reforço no combate às perdas de água (fraudes e vazamentos);
  • Perfuração de novos poços e manutenção dos já existentes em áreas críticas de abastecimento e em equipamentos públicos (saúde, educação e segurança);
  • Perfuração de poços no Pecém;
  • Aproveitamento do sistema hídrico do Cauípe;
  • Aproveitamento do açude Maranguapinho;
  • Reúso das águas de lavagem dos filtros da Estação de Tratamento de Água do Gavião;
  • Captação pressurizada de água no açude Gavião;
  • Reforço no abastecimento de Aquiraz com implantação de adutora de água tratada;
  • Revisão da meta da Tarifa de Contingência (aumento da meta de economia de água pela população de 10% para 20%);
  • Redução da oferta de água em 20% para indústrias da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF);
  • Plano de Comunicação.

Faça você também sua parte!
Todos sabemos que é preciso economizar. Mas algumas pessoas infelizmente não têm essa consciência, então, é importante encontrar meio de chamar a atenção delas. Para isso, as metas da tarifa de contingência do consumo de água – ou seja, o quanto devemos reduzir nosso consumo para evitar pagar multas – foi revisado. Desde setembro deste ano, é obrigatória a redução do consumo de água em 20%. Caso o consumo seja maior que a meta, será cobrado um adicional de 120% sobre o percentual ultrapassado. Fazer esses cálculos e simulações é simples, basta clicar aqui e saber de quanto deve ser o seu consumo. 

agua3Mas tão importante quanto economizar água é combater as perdas. Afinal, pior do que um consumo alto é o desperdício, não é mesmo? A Cagece vai intensificar o programa de caça-vazamentos a fim de solucionar pequenos e grandes vazamentos nas linhas de distribuição de água assim como vai ampliar as investigações e fraudes no abastecimento de água, os famosos “gatos”. Quem tem ligações clandestinas à rede de água pode chamar a Cagece que ela se compromete a regularizar a situação e não cobrar a multa. Entretanto, se a ligação clandestina por descoberta pela equipe da empresa, o responsável por ela será multado imediatamente.

Ai gente, vamos ficar de olho! Economizar não custa nada! Vamos ser racionais hoje para não nos faltar amanhã!

Fotos: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *