Fã idosa decide processar Anitta e Netflix por cena em documentário
14 de janeiro de 2021
Noiva sem salto pode? 10 sapatos rasteiros para subir ao altar
15 de janeiro de 2021

ALCE – Projeto sugere política de saúde para estudantes da rede pública

Os alunos da rede pública estadual de ensino poderão ter acesso, anualmente, à oferta de consultas clínicas oftalmológica, fonoaudiológica e otorrinolaringológica. É o que propõe o projeto de lei apresentado pelo deputado Tony Brito (Pros), em tramitação na Assembleia Legislativa.

De n° 313/20,  a matéria, caso aprovada, deve estabelecer uma política pública de saúde escolar para consulta clínica nas três especialidades: oftalmologia, fonoaudiologia e otorrinolaringologia.

O autor propõe também que as secretarias Estadual de Educação e a de Saúde deverão, conjuntamente, adotar providências necessárias para a realização das consultas e de possíveis exames complementares, que deverão ser realizados na rede pública de saúde do Estado.

O projeto ainda abre ao Estado a possibilidade de realizar parcerias com órgãos municipais, federais ou privados, para realização das avaliações e exames.

Tony Brito ressalta que a medida é importante, não apenas para garantir o tratamento, em caso da descoberta de uma doença, mas também como medida de precaução. “Além de efetivar um direito constitucional, temos que considerar a medicina preventiva, visto que o acompanhamento médico dos alunos da rede pública, além do aspecto da prevenção, temos a construção de históricos médicos que possibilitam um melhor acompanhamento a longo prazo”, detalha o autor.

O projeto de lei ainda será apreciado na Comissão de Constituição, Justiça e Redação, bem como nas comissões de mérito. Se aprovado nos colegiados, poderá ser pautado para votação em plenário. Já estamos na torcida para que o projeto seja aprovado e que possa ajudar a juventude que precisa!

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *