As atrações do Réveillon 2019 de Fortaleza
19 de dezembro de 2018
Saiu o trailer de “Turma da Mônica: Laços” e a ansiedade disparou!
19 de dezembro de 2018

Caçador ilegal é sentenciado a assistir Bambi uma vez ao mês

Todo mundo que assistiu Bambi, da Disney, certamente se traumatizou, correto? Afinal, como seguir adiante após a tão cruel cena em que a mãe do nosso querido personagem é morta por um caçador impiedoso? Ainda hoje, essa é considerada uma das cenas mais tristes do cinema – assim como a morte de Mufasa, em O Rei Leão. Pois bem, tamanha tristeza e sentimento de crueldade são causados pela cena, que um juiz decidiu usar isso como pena para um condenado.

David Berry Jr., o caçador ilegal

O caso aconteceu nos Estados Unidos, mais precisamente no estado do Missouri. David Berry Jr. realizava caçadas ilegais, nas quais abateu centenas de veados. Ele os matava como troféus, e, após retirar a cabeça e os chifres dos animais, deixava o resto do corpo apodrecendo no meio da mata.

O caçador vinha sendo investigado desde 2015 e agora ele finalmente foi detido e prontamente julgado. Segundo a sentença do juiz Robert George, o caçador ilegal teve que pagar uma multa de quase 200 mil reais. E tem mais: ele ainda deverá cumprir pena de 12 meses de detenção em regime fechado. E não é só isso! David Berry Jr. ainda será obrigado a assistir Bambi uma vez por mês na cadeia!

O caso foi ficou conhecido como um dos maiores casos de caça ilegal de cervos no estado do Missouri. Junto de David ainda estavam outras quatro pessoas, que também tiveram seus direitos de caça revogados. De acordo com a sentença, a primeira exibição de Bambi deverá ocorrer antes ou no dia 23 agora de dezembro e se repetir mensalmente.

Esperamos que esse filme faça esse caçador refletir…

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *