Magic Mike
HBO Max lança trailer de sua competição de strippers Finding Magic Mike
6 de dezembro de 2021
LOL: Se Rir, Já Era
LOL: Se Rir, Já Era: programa com Tom Cavalcante e Clarice Falcão estreia na Amazon
6 de dezembro de 2021
tratamento bizarro

A gente já falou algumas vezes que celebridades às vezes vão longe demais na hora de fazeres seus procedimentos estéticos. Kim Kardashian já fez máscara com sangue, Sandra Bullock já usou cremes à base de esperma de baleia e por aí vai… Mas poucos procedimentos foram tão esquisitos quando o tratamento bizarro que a brasileira Lívia Andrade fez… Afinal, você colocaria café no seu ânus para tratar a pele?

A história veio à tona durante a participação dela no programa Que História é Essa, Porchat?, do canal de tv por assinatura GNT. Durante a conversa, a apresentadora falou que se submeteu a um enema de café para tratar uma crise de rosácea – inflamação que deixa a pele vem avermelhada e com pústulas. Para quem não sabe, o enema de café é um procedimento controverso, no qual a bebida é introduzida através do ânus da paciente. “Um litro dentro do meu toba”, disse Lívia, entre risos, no programa.

Há quem defenda o tratamento bizarro

Em entrevista ao portal Metrópoles, o biomédico Pedro Souza diz que o procedimento é rotineiro e não oferece nenhum tipo de risco à saúde. “A bebida é preparada de maneira diferenciada e, respondendo a boa parte das perguntas que recebo, não, o procedimento não dói”. Segundo ele, são necessárias de 5 a 10 sessões com poucos dias de intervalo entre uma e outra. Cada sessão custa, em média, 150 reais. “Esse é um método coringa que pode ser usado até para tratar doenças tumorais e diabetes”, afirma ele.

tratamento bizarro

Método não tem comprovação científica

Por outro lado, há vários médicos que criticam e até condenam esse tratamento bizarro. O gastroenterologista Bernardo Martins contou ao portal que não existe comprovação científica na literatura médica de que o enema com café traga resultados. Para ele, tudo não passa de charlatanismo e o procedimento pode trazer sérias consequências. “Já recebi uma paciente com a mucosa do reto queimada após realizar esse tipo de intervenção”, contou ele.

Já a dermatologia Clarissa Borges disse que também não há registros na literatura médica de que fosse possível tratar a rosácea – que é uma doença de pele – através do ânus. Segundo ela, o tratamento para rosácea é o uso de filtro solar, cremes específicos e, em alguns casos, medicamentos. Mas que tudo deve ser prescrito e orientado por um dermatologista registrado na Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Mas gente, que louco, hein? Lembrou até um dos tratamentos bizarros da medicina antiga… Vocês teriam coragem de fazer?

Fotos e vídeo: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *