Wanessa ganha ação judicial contra Rafinha Bastos
18 de janeiro de 2012
Estilo Elizabeth Olsen de ser!
19 de janeiro de 2012

O tempo passa e é natural que, as vezes, o casamento esfrie um pouco. Mas, nada que uma excelente repaginada não possa mudar! Para apimentar e trazer de volta o fogo do começo da relação, o No Pátio apresenta um manual capaz de deixar seu casamento em um patamar bem mais elevado: onde o amor e paixão andam de mãos dadas!

Nos primeiros meses tudo é novidade! É quase como brincar de casinha! Você sente prazer em organizar os presentes, arrumar o ninho de amor, descobrir que cômodo do apartamento é o mais erótico e o melhor para fazer sexo e aprende até a fazer risoto só para impressionar o maridão!

Não há personalidade que não se revele com o passar dos anos! E por mais que o tempo de namoro tenha sido bem longo, somente dividindo o mesmo teto para saber – de fato – quem é o seu parceiro! Essa é a fase mais importante e que requer mais cuidados: o hoje, o momento presente. Deixar para descobrir o parceiro e cuidar da relação depois de muito tempo pode ser tarde demais!

Se a rotina traz a tão sonhada segurança e estabilidade, por outro, deixa tudo cair na mesmice! O sexo, então, nem se fala! Haja criatividade para não deixar a cama esfriar. Intimidade demais ajuda, mas pode atrapalhar também se não houver cuidado com as palavras. Se você cair no erro de deixar a relação no “piloto automático”, prepare-se para ter um casamento frio, com sexo nada excitante e brigas constantes. Para os homens, na maioria das vezes, isso é um convite a traição.

Mas, para sua alegria, sempre é hora de fazer diferente e evitar esse desfecho com cheiro de solidão! Nem precisa esperar que ele tome a iniciativa de mudar, ao perceber que você está agindo de forma diferente, ele vai cair na real!

Desafio 1: Voltar ao passado
Lembra do dia em que ele apareceu na sua vida? Quando o coração acelerou tanto que você quase teve um ataque cardíaco, o frio na barriga apareceu logo em seguida, as mãos ficaram trêmulas e geladas? Não demorou muito para você pensar que achou o homem da sua vida e já está pensando no badalar dos sinos, no vestido de noiva, nas alianças e em tudo mais que represente uma vida a dois, junto com o seu amado. O conto de fadas estava quase completo e no caminho para terminar em “e foram felizes para sempre”, mas a rotina apareceu e resolveu mexer um pouco nas coisas.

As novas atribuições de uma vida a dois, como pagar as contas de energia, Internet, TV a cabo, fazer as compras do mês e cuidar do cachorro não são lá muito românticas, mas fazem parte do casamento. Nem só de flores é feito o matrimônio!

Mas, mesmo com esse desgaste natural vindo com o tempo, é com ele que você deseja passar o resto dos seus dias e passear bem velhinha – de mãos dadas? Se sim, está na hora de resgatar o que o tempo começou a apagar. Pequenos gestos valem muito! Sair para jantar fora, ouvir música, arrumar a mesa para o café da manhã, uma noite de surpresas. Ah! Lembra dos programas totalmente inesquecíveis que fizeram juntos no começo do namoro? Que tal repetir a dose?

Desafio 2: Admirar, amar, paparicar
Nada de esquecer os pontos positivos do parceiro. Se ele é o homem que você escolheu para casar, certamente ele tem várias qualidades dignas de admiração! Com o tempo, a rotina engole o casal e, em muitos momentos, a mulher deixa de ver os atributos do parceiro e leva em consideração apenas os defeitos. Um grande erro. Está difícil lembrar as qualidades dele? Faça a seguinte “brincadeira”: imagine que uma outra mulher iria se apaixonar por ele hoje. O que chamaria a atenção dela? Então, a lista vai ser grande! Quando temos medo de perder alguém para outra pessoa, rapidamente valorizamos. Isso é fato.

Não fique só nos pensamentos! Aprenda a elogiar. Afinal, de contas quem não gosta de ser reconhecido? Todo mundo! Mostre que você entende quando ele quer te agradar e reforce pontos positivos, que você gosta. “Adoro quando você fala com empolgação sobre o seu trabalho” ou “Você me diverte demais”.

Admirar o parceiro é fundamental para manter acesa a chama da paixão por longos anos! Ah! Se ele não entender o jogo e continuar sem elogiar você, fale claramente que em um relacionamento deve haver trocas de carinhos, amor e declarações sim! Fale a ele da necessidade que você tem em ser reconhecida. Claro, a delicadeza da linguagem é super importante!

Desafio 3: Usar o poder do toque
Nem precisa falar nada! Basta sentar no colo dele no sofá – enquanto ele vê televisão – e ficar lá aconchegada no peito do parceiro! Esses gestos que deixamos de lado com o tempo, fazem toda a diferença. O toque é super importante para um casamento! O ser humano tem a necessidade intrínseca de contato e busca contínua por conexão com as outras pessoas. Essa necessidade é presente em todas as fases da vida!

O que acontece com a maioria dos casais é que as trocas de carinho são tão intensas no começo do namoro, que depois de um tempo as atitudes afetuosas são deixadas de lado. Como se o saldo tivesse acabado! Quando o homem está muito interessado ou valoriza muito a mulher, o primeiro sinal é esse: a troca constante de carinhos! Quer uma dica? Nos dias mais tensos, peça ao maridão para fazer uma massagem relaxante em você. Isso vai aproximar os laços!

Desafio 4: Tirar o sexo da burocracia
Contas a pagar e filhos para cuidar deixam a cama do casal cada vez mais norma. Mas, antes que ela congele de tanto esfriar, nada melhor que dar um up na sua vida sexual e relembrar o fogo do começo do namoro! Depois da etapa do toque, essa é a próxima missão!

Sexo não pode ser uma tarefa difícil e muito menos uma obrigação. Prefira qualidade a quantidade sempre. Mas, ter uma boa frequência é o ideal! desmarque alguns compromissos, compre uma lingerie nova, peça uma boa garrafa de vinho e curta a companhia do seu amando e uma noite caliente, como as do tempo de namoro!

 

A construção de uma relação sólida e os truques para driblar a rotina estão presentes na vida de anônimas e famosas também! Sabe o que as celebridades falaram por aí?!

Fernanda Lima – atriz e apresentadora


“Com a intimidade, passamos a falar de tudo, inclusive de sexo. No começo ele era tímido, e eu independente demais. O convívio nos trouxe sintonia, maturidade. Depois de oito anos juntos, sabemos que é preciso haver diálogo para construir uma história.”

Cláudia Leitte – cantora


“Não sou mulher submissa, mas aprendi que a gente tem de fazer com que nosso homem se sinta amado. Prezo pelo relacionamento, pela sedução. Preparo um jantar romântico, faço a minha parte, me esforço.”

Carolina Dieckmann – atriz


“É difícil separar a mulher da mãe. Por isso, quando meu filho José completou 1 ano, resolvi passar cinco dias na Bahia com o Tiago. Meu marido quase me achou má. Mas lá pelo terceiro dia sacou que era importante estarmos ali sozinhos. É fundamental o casal ter um momento seu.”

Patrícia Poeta – jornalista


“Assim como você muda com o passar dos anos, o outro também. Se um dos dois se esquecer de acompanhar essa transformação, acordará um dia ao lado de um estranho.”

 

Quer mais dicas valiosas para despertar a paixão que anda adormecida em você e no seu parceiro?

– Incentivar o amado a pular de paraquedas ou a colocar em prática outro sonho aventureiro. Não diga que tudo o que ele quer é ruim.

– Sair de férias e viajar para uma estação de esqui ou para um point de surfe. O bom é curtir a adrenalina com ele!

– Alugar os filmes preferidos dele (como retribuição por ter assistido a Sex and the City 2 com você ou qualquer outro filme romântico e bem “mulherzinha”).

– Sugerir um programa fora do comum para um “casal casado”, como passar a noite inteira no motel ou pegar a estrada sem rumo certo.

– Em vez de insistir que lave louça, reconheça o fato do companheiro ter dirigido 300 quilômetros (sem reclamar em nenhum momento) enquanto você dorme do lado.

– Não fazer drama nem chantagem emocional quando ele for a um bar com os amigos. O clube do Bolinha o auxilia a reafirmar sua condição de “macho”, ok? Então, nada de priva-lo desse momento!

 

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *