México dá bolsas de estudo de até quatro anos para estrangeiros
21 de julho de 2016
Vazou uma sex tape gay de Zayn Malik?
21 de julho de 2016

Para quem não lembra, no início deste ano um incrível alinhamento dos cinco primeiros planetas do nosso Sistema Solar pôde ser visto a olho nu, no horizonte. O fenômeno que ocorre a cada 24 anos volta a se repetir, só que desta vez os planetas poderão ser vistos a olho nu durante o pôr do sol – no fim de janeiro e início de fevereiro, eles podiam ser avistados apenas ao amanhecer.

Nesta semana, e durante mais algumas, se você estiver em um espaço aberto e sem nuvens poderá ver os cinco planetas vizinhos ao sudoeste da Terra.

Segundo David Dickinson, do site de astronomia Universe Today, isso só será possível porque antes tínhamos todos os planetas à nossa frente. “Agora, os vemos do nosso ‘espelho retrovisor’ porque Marte, Júpiter e Saturno estão na frente, enquanto Mercúrio e Vênus estão correndo para recuperar o atraso”, escreveu Dickinson.

Dicas de observação

Para identificar os planetas, preste atenção nas sutis diferenças que você verá no céu. Vênus é o mais brilhante de todos, e Júpiter é o próximo na luminosidade. Ambos ainda são visíveis quando o sol está prestes a se esconder. Marte, por sua vez, é avermelhado e Saturno, amarelado. Ambos brilham com intensidade semelhante.

Encontrar Mercúrio é sempre o maior desafio porque é o menor planeta e pode se esconder facilmente. Um bom conselho para observá-lo é ter uma visão clara do horizonte, nem que isso signifique buscar uma região de observação melhor, longe de casa.

planetas 2

Truque do polegar

O astrônomo Jason Kendall, professor adjunto da Universidade William Paterson, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, publicou em seu canal do YouTube um exercício prático para saber se o que você está vendo é um planeta ou uma estrela.

“Feche um dos olhos. Estique o braço e coloque o seu dedo polegar para cima. Lentamente, passe-o de um lado para o outro do planeta ou estrela que você vê no céu. Se a luz se atenuar quando o polegar passar sobre ele, é um planeta. Mas se ela piscar rapidamente é uma estrela”, disse. O truque funciona melhor com Júpiter e Vênus, afirma o astrônomo, porque eles são mais brilhantes.

Agora boas observações e bons céus a todos! Pois os cinco planetas não voltarão a se alinhar até oito de setembro de 2040, quando estarão a 9,3 graus no céu.

Fotos: Reprodução. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *