Mostra Olhar do Ceará exibe curtas-metragens no Cine Ceará
24 de novembro de 2020
Erros de beleza: 15 falhas que você precisa evitar
25 de novembro de 2020

Festival Ibero-americano de Cinema realiza sua 30ª edição

Com mais de 50 filmes, entre longas e curtas-metragens, o Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema realiza sua 30ª edição em um formato inédito, com apoio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult). Pela primeira vez, transpõe a programação para além das salas de exibições e de debates, chegando à web e à televisão.

O que poderia ser uma restrição, vai proporcionar ao festival, neste ano em que completa três décadas, a possibilidade de ter parte de suas atividades acompanhadas por públicos de outros estados ou países. Com realização de 05 a 11 de dezembro, o 30º Cine Ceará terá programação presencial no Cineteatro São Luiz, respeitando os Protocolos de Reabertura para Cinemas do Governo do Ceará, no Canal Brasil – no serviço de streaming Canais Globo, que tem mais de 10 milhões de assinantes, no canal do festival no Youtube e na TV Ceará, emissora pública, mantida pela Fundação de Teleducação do Ceará (FUNTELC), afiliada a TV Cultura e a TV Brasil.

Para a programação no Cineteatro São Luiz do dia 06 ao dia 10, os ingressos serão distribuídos gratuitamente através do site da Bilheteria Virtual. O link poderá ser acessado através do site do Cine Ceará. Cada ingresso conterá um QRCode que deverá ser apresentado na entrada do cinema. Para as datas de abertura e encerramento o acesso será restrito a convidados. A capacidade do local será limitada de acordo com os protocolos de biossegurança.

30° Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema
De 05 a 11 de dezembro de 2020 em formato presencial em Fortaleza, Ceará, online no Canal Brasil – no serviço de streaming Canais Globo, pela TVC, pelo canal do festival no Youtube e mídias sociais de parceiros. Informações: www.cineceara.com. Email: contatos@cineceara.com. Instagram: @cineceara, Facebook: FestivalCineCeara. Youtube: CineCeara.

Fotos: Reprodução / Fonte: Secult

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *