Dica do Dia – Glam Stars Artdeco
9 de julho de 2012
Mercado sustentável poderá gerar 60 milhões de novos empregos
9 de julho de 2012

Conferência da Criança e Adolescente debaterá segurança na internet

Entre os dias 11 e 14 deste mês, acontece em Brasília, a Conferência Nacional dos Direitos da Criança e Adolescente. Um dos focos das discussões da Conferência, será sobre as ações que podem ser aplicadas para fazer com que mais jovens usem a tecnologia para trocar arquivos e se comunicar com segurança, além de criar formas de a sociedade acompanhar o que é produzido pela mídia, mas sem voltar à censura.

Criado há 22 anos, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), à época, não se deparava com os crimes virtuais, infelizmente tão comuns aos dias de hoje, como redes de pedofilia na internet, por exemplo, e o tema da comunicação com foco na infância não havia se tornado uma prioridade. O problema está fazendo com que organizações sociais pensem em instituir a educação para mídia nos currículos escolares e estimular a produção de conteúdo audiovisual para esse público.

“Observa-se a necessidade de se potencializar os impactos positivos da tecnologia da informação e se minimizar os impactos negativos”, disse Suzana Varjão, uma das gerentes da organização não governamental Agência de Notícias dos Direitos da Infância (Andi). “Por um lado, se o acesso à tecnologia ficou mais fácil, por outro, deixou as crianças mais vulneráveis”, completou.

O debate também vai pautar a Política Nacional e o Plano Decenal dos Direitos da Criança e do Adolescente que passou por consulta pública ano passado e está em fase de finalização. A Conferência está sendo construída sob 5 eixos estratégicos:

  • Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes;
  • Proteção e Defesa dos Direitos;
  • Protagonismo e Participação de Crianças e Adolescentes;
  • Controle Social da Efetivação dos Direitos;
  • Gestão da Política Nacional dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes.

 

São esperados para o evento, segundo a Comissão Organizadora, um total de 3 mil participantes, entre eles, cerca de 800 adolescentes escolhidos nas etapas municipais, livres, territoriais e regionais. A inovação da metodologia deste ano está na participação das (os) adolescentes em todas as etapas da Conferência: organização da Nacional, estaduais e municipais.

Serviço

Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda)
www.direitosdacrianca.org.br
(61) 2025 3525
SCS, Edifício Parque Cidade Corporate, Bloco B , Quadra 09, Lote C, Torre A.
CEP: 70308 – 200. Brasília (DF).

 

Foto: reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *