Viva a lasanha
18 de setembro de 2015
Assembleia Legislativa do Ceará oferece cursos gratuitos para servidores
19 de setembro de 2015

Confira cinco dicas para melhorar a sua concentração antes da prova do Enem

A concentração é uma habilidade fundamental para praticamente qualquer atividade que o ser humano venha a desenvolver. No entanto, com tanta distração que existe em nossas vidas cotidianas, muitas pessoas reclamam que não conseguem focar-se durante muito tempo em uma determinada tarefa.  A cada interrupção demoramos cerca de 23 minutos para voltar ao nosso objetivo de foco principal, segundo uma especialista ouvida pelo  Wall Street Journal. O que muitos não sabem é que, a capacidade de ter em mente apenas um único pensamento e direcionar o máximo de atenção para ele, pode ser exercitada.

Faltando 36 dias para a prova do Enem, o No Pátio decidiu dar uma ajudinha aos mais dispersos e traz algumas orientações da neurociência para aumentar a capacidade de concentração. Vamos conferir?

1 – Decida o que vai priorizar

Primeiramente deve estar bem claro que só podemos fazer uma coisa de cada vez, e quando estivermos fazendo uma atividade devemos ter toda nossa atenção voltada somente para ela.  Isso pode parecer óbvio, mas o mais comum é que algumas pessoas façam uma determinada atividade e estejam pensando no que precisarão fazer depois.

2 – Mantenha-se bem alimentado durante todo o dia

Estudar ou trabalhar em jejum não é uma boa ideia para quem busca concentração. Isso porque o sistema atencional requer uma grande quantidade de energia. Durante o tempo que você for dedicar ao objetivo que está em foco, é aconselhável ter sempre algo no estômago. Assim, o organismo terá força suficiente para manter a concentração e o cérebro não irá se distrair com a fome.

Concentração 2

3 – Decida o tempo

De acordo com a neurociência, o cérebro humano consegue se fixar num único objeto durante 50 ou 60 minutos. Depois desse período, a atenção inevitavelmente se esvai. A dica é trabalhar ininterruptamente durante esse bloco temporal, e então fazer um intervalo de cinco a dez minutos para checar mensagens do celular, acessar redes sociais ou levantar para tomar um café.

4 – Esqueça o celular

Esse aparelhinho simples tem o enorme poder de reduzir drasticamente o foco e causar prejuízos enormes de tempo e energia. Isto porque checamos e respondemos mensagens constantemente, mas cada olhada inocente no WhatsApp ou nas redes sociais pelo smartphone representa uma interrupção no fluxo de pensamentos, e a mente demora a recuperar aquele foco perdido. Portanto, tente sempre que possível resistir à tentação de dar uma espiada na tela do celular enquanto estiver buscando concentração.

5- Acabe com a bagunça

Uma escrivaninha caótica pode ser uma barreira gigantesca para a concentração, por isso, antes de começar, organize o ambiente em que você irá estudar ou trabalhar. Tire de cima da mesa tudo àquilo que não será útil e que poderá distraí-lo. Além disso, preste atenção na altura da cadeira, na distância até os livros ou computador. Está numa posição agradável? Sente alguma dor? É importante manter-se confortável para fazer leituras ou resolver exercícios. Pode parecer bobo, mas isso ajuda, e muito, a manter o foco.

Concentração 1

Lembre-se que a persistência é muito importante! É claro que quando tentarmos nos concentrar em algo nossa mente quase sempre tenta desviar o foco para outros pensamentos. Quando isto ocorrer, siga as dicas do No Pátio para trazer imediatamente a atenção de volta para o que você estava concentrado.

 

 

Fotos: Reprodução. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *