5 filmes aparentemente inocentes para não assistir com os pais
14 de abril de 2016
10 conselhos básicos para um peso saudável
14 de abril de 2016

Ter o poder para melhorar algo ou alguma coisa é sempre motivador, não é mesmo? Por isso, tanto homens quanto mulheres estão sempre em busca de novidades ou de quebrar a rotina. Isso ocorre em qualquer área da vida, mas principalmente quando o assunto é sexo. Neste campo, quando as coisas não vão muito bem, mudar a maneira de pensar pode fazer toda a diferença.

Praticar sexo com satisfação faz parte dos quatro pilares de qualidade de vida, que são: trabalho, família, lazer e, claro, sexo. Não há um consenso entre os teóricos sobre a definição da satisfação sexual. No entanto, de acordo com dados obtidos em uma pesquisa realizada pelo site de relacionamentos C-date, apesar de a maioria dos usuários confirmarem que estão plenamente satisfeitos no sexo, mais da metade gostaria de melhorá-lo ainda mais.

A pesquisa contou com a participação de 265 mulheres e 490 homens. Perguntados sobre como se sentem em relação à vida sexual,  entre as mulheres apenas 11,7% disseram não estar nem um pouco satisfeitas com sua vida sexual. Já 36,98% afirmaram estar plenamente realizadas, classificando sua vida sexual como incrível e outras 51,32% afirmaram estar contentes sexualmente, mas acreditam que o tema sexo pode melhorar.

satisfação sexual 2

Entre os homens que utilizam o site o resultado não foi muito diferente. 14,9% deles disseram não estar felizes sexualmente enquanto 27,14% acham que têm uma vida sexual incrível. Mas, a maioria, 57,96% dos que responderam à pesquisa, disseram que podem melhorar sua satisfação sexual.

E já que satisfação sexual é qualidade de vida, confira abaixo alguns passos para tornar o sexo mais satisfatório, listados pela sexóloga Carla Cecarello:

– Comece analisando

Questionar sobre o que incomoda é muito importante, pois esses pontos não podem se repetir. Muito pelo contrário, precisam ser aprimorados. Daí a importância de identificá-los primeiro de tudo e conversar sobre o assunto;

– Inove

Outra dica da especialista é identificar o que a pessoa tem muita vontade de fazer, mas, acha que não tem muita coragem. “Existem muitas coisas que as pessoas têm vontade de fazer, mas se privam ou por vergonha ou por achar que o outro pode desaprovar, enfim, uma série de questões. O importante nesse caso é identificar essas vontades e começar a trabalhá-las. Analisando o que ela gostaria de fazer, o que acha que dá para começar, o que seria mais possível ser feito. Coloque em ordem o que é mais fácil e o que é mais difícil. Depois é só partir para o abraço, correndo atrás dos seus objetivos”, aconselha a sexóloga;

satisfação sexual 3

– Tome iniciativas

Para Carla Cecarello começar a análise dos seus próprios desejos sexuais é primordial para a satisfação plena. A partir da realização das primeiras fantasias, as outras vão começar acontecer naturalmente, pois, a cada conquista a pessoa vai identificando o que pode, o que consegue, dando um toque com a sua identidade sempre que possível;

– Aposte nos brinquedinhos

Quem está querendo incrementar a vida sexual, vale à pena investir em brinquedos eróticos ou fantasias para apimentar a relação, desde que a pessoa se sinta a vontade para tal. Os brinquedinhos eróticos são um dos artifícios que contribuem para quebrar o gelo, quebrar a rotina e tornar a relação mais divertida, além de criar mais intimidade entre o casal. Porém, é sempre bom conversar a respeito do assunto, antes de introduzir esses brinquedos na relação;

– Sexo sem compromisso vale à pena

No caso dos solteiros, o sexo casual também pode servir como uma forma de melhorar a vida sexual. É uma maneira de mostrar novas formas de se relacionar, de se conhecer novas pessoas, novas formas de lidar com o sexo e de fazer sexo. Além disso, é uma grande oportunidade para quem é “travada no sexo” aprender a lidar com situações novas e, assim, se aprimorar, caso queira entrar em uma relação estável depois.

satisfação sexual 4

Crescemos acreditando que o sexo consiste na busca do prazer imediato. Na verdade, o sexo realiza, satisfaz e conecta, podendo até ajudar a reduzir a tensão sexual, alcançar o orgasmo e atingir o bem estar em relação às habilidades sexuais, mas isso não é uma regra. É uma grande ilusão pensar em sexo ideal. A satisfação pode ser entendida como uma maneira na qual os indivíduos alcancem prazer praticando sexo da maneira que gostam, sem prejudicar a eles mesmos, aos parceiros e a terceiros.

Neste assunto só uma coisa é fato: A maioria dos especialistas concorda que satisfação sexual é qualidade de vida!

Fotos: Reprodução. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *