XI Edital de Incentivo às Artes: Secult divulga resultado preliminar
5 de junho de 2017
Xô, vício! – Como largar o cigarro sem engordar
6 de junho de 2017

Se você está com aquela sensação de que falta alguma coisa na decoração da sua casa, esta matéria de DIY é para você. Fazer fazer pequenas mudanças (pequenas, mas significativas) e inovar na personalização da casa não é tão difícil quanto algumas pessoas pensam. Com poucos materiais, pouco investimento e um pouco de paciência, dá para ter um resultado super diferente!

Uma dica pra mudar radicalmente qualquer canto sem investir muito é trabalhar as paredes. Hoje em dia são diversas as opções: papel de parede, adesivo e até tecido. Ideias baratas, fáceis e ótimas para dar uma repaginada em algum cômodo da casa.

Para ajudar você a colocar a “mão na massa” e conseguir resultados incríveis, o Hype separou algumas sugestões que podem ser usadas tanto no quarto, quanto banheiro, sala, cozinha e afins. Veja, aprenda e dê  aquele “tchan” na  sua casa.

1- Parede de tecido

diy 3

Você vai precisar de:

– Trena;
– Tecido;
– Cola comum e água;
– Pincel;
– Régua;
– Estilete;
– Escada;
– Bandeja de tinta, balde ou um recipiente que você possa fazer a mistura cola mais água.

Passo a passo:

Meça a parede escolhida para poder comprar o tecido sem desperdício (e também sem faltar!). Escolha seu tecido favorito. Lembre-se que o tecido tem que ser plano. Isso significa que deve ser tipo algodão ou linho, ou seja, que não estique ou possua elastano em sua composição.

DIY 2

Escolhido o tecido, é hora de cortar as medidas certas (sempre calcule uma sobra). Faça uma mistura de cola com água. Cerca de um litro de cola é o suficiente pra uma parede com média de 3m x 3m. Para o tecido aderir melhor na parede, utilize um copo de cola para 1/3 de água. Feito a mistura em um recipiente qualquer, esteja preparada! Você vai precisar de apenas de um pincel de tamanho razoável. É ideal ter a ajuda de alguém nesse momento.

Comece a pincelar a parede do teto pra baixo, da largura do tecido até mais ou menos uns 60cm pra baixo, ou o suficiente pro tecido já colar e “se aguentar” na parede. Sempre com a ajuda de uma espátula ou das mãos pra não formar bolhas e garantir que o tecido estará o mais reto possível. Lembre-se de deixar sobra nos cantos, em cima e embaixo.Repita esse processo até chegar no rodapé e depois tudo novamente com a outra metade do tecido. Não se desespere com a sujeira da cola no chão porque ela sai facilmente com um pano úmido. Depois de tudo colado o ideal é deixar algumas horinhas “descansando” pra depois refilar as sobras.

Refilar as sobras é muito mais simples do que você imagina. Com a ajuda de uma régua e um bom estilete, corte tudo que sobrou. Prontinho! Agora é só inspirar-se e escolher o seu tecido.

2- Parede de tijolinho “Fake”

DYI 6

Você vai precisar de:

– Folhas de EVA de boa qualidade (o ideal é que o EVA já seja da cor que você quer pintar a parede)
– Cola de contato;
– Tinta da cor que você quer a parede;
– Pincel para pintar;
– Recipiente para diluir a tinta;
– 1 cartolina;
– Régua;
– Tesoura;
– Lápis;
– Fita métrica.

Passo a passo:

A primeira coisa que você precisa fazer é saber a largura e altura da parede que você fará os tijolinhos, com essa informação você saberá quanto de tinta e de folhas de EVA precisará comprar. Como os tijolinhos são 14 cm x 6 cm e a distância entre um e o outro é de 0,5 cm, então você precisa ver quantas folhas de EVA precisará.

Após comprar os EVAs, você utilizará a cartolina para fazer um molde para facilitar a aplicação (de acordo com as medidas acima). O molde deve ter o formato dos tijolinhos inteiros e nos cantos somente a metade dele, pois na parede e isso que dará o “tchan” na instalação, já que uma fileira é desigual com a debaixo e dai quando chegar no final da parede, nas laterais, não caberá o tijolinho inteiro, e é isso que fica legal.

DIY 4

Depois do molde, você deve cortar os tijolinhos (14 cm x 6 cm), utilizando a régua para fazê-los retinhos. A dica é cortar primeiro os tijolinhos, para depois focar somente na colagem. Quando tiver o molde e os tijolinhos é só iniciar a colagem (se a sua parede for áspera, é bom dar uma pequena lixada para o EVA não ficar marcado!).

Em seguida, fixe o molde na parede (pode ser com durex mesmo), passe cola nos tijolinhos e vá encaixando os tijolinhos nas aberturas do molde. Depois que colar tudo será necessário pintar com a cor que você escolheu, até porque, é isso que dará o acabamento final, preencherá os espaços vazios e ficará perfeito!

3- Parede de jornal

DYI 4

Você vai precisar de:

– Jornais;
– Cola branca e água;
– Tesoura;
– Pote de plástico ou vidro.

Passo a passo:

Corte o jornal em tiras, evitando páginas coloridas, para não manchar. Use só preto e branco. Você pode escolher um editorial específico, para uma parede mais “temática”, por exemplo, cinema ou esporte. Comece a aplicação do sentido do topo para baixo, pois é mais fácil cortar e dar o acabamento no rodapé.

Em seguida, coloque um pouco de cola no pote e dilua em um pouco de água, não muito para ela não ficar totalmente sem o grude. Essa mistura deve ficar com aparência de leite desnatado (essa cola ralinha ainda tem que continuar branca), pois se ficar muito aguada (quase transparente), não vai dar aderência depois de seco.

Use o pincel para aplicar essa mistura na parede. Depois, coloque a tira de jornal na posição desejada na parede e aplique, delicadamente, mais um pouco dessa mistura de cola por cima da tira , até o jornal ficar molhado. Vá fazendo dessa maneira até completar a área que você deseja cobrir. Para dar acabamento, use uma régua e um estilete para cortar o jornal rente ao rodapé. Se desejar uma parede mais brilhante, você pode finalizar aplicando verniz. Neste caso, use o pincel limpo e seco, depois que a parede já tiver seca.

4- Parede de bolinhas

Você vai precisar de:

DYI 2

– Bandeja para pintura ou um prato forrado com papel alumínio para despejar um pouco da tinta;
-Bolinhas em EVA do tamanho desejado (Adesivos antiderrapantes em EVA – você encontra em casas de material de construção);
-Tinta da sua cor preferida;
-Tubinho de rímel ou uma base firme para colar o adesivo e formar tipo um “carimbo”.

Passo a passo:

Primeira coisa a se fazer é colar o adesivo na base de rímel. Antes de tudo, treine fazer as bolinhas em uma folha de papel até chegar em um resultado legal. Não é tão fácil porque muitas delas não saem perfeitamente redondas. O truque é passar pouca tinta no adesivo com um pincel ou com o dedo, para que ela não escorregue e acabe borrando a parede.

DYI 5

Depois de muitas bolinhas testadas, vá com a tinta para a parede. Coloque um pouco da cor na bandeja, passe no adesivo com o dedo ou um pincel e pressione a bolinha na parede. Dê a primeira demão e espere secar quatro horas. Algumas vezes, a bolinha pode ficar fraca. Se isso acontecer, repita novamente e faça a segunda demão.

Aplique a segunda demão e espere secar mais quatro horas. Você pode criar as bolinhas aleatoriamente ou seguir um mesmo padrão, isso vai depender do efeito que você quer dar. Caso elas fiquem borradinhas, arrume tudo com um pincel. Dê o acabamento final nas que ainda precisam de retoque e está pronto o seu DYI de parede de bolinha.

Viu como pinceladas de uma cor especial ou o uso de algumas técnicas de DIY podem transformar um ambiente. Os efeitos na parede, aliás, são tendência na decoração. Listras, poá, tecidos, ombré… São muitas as opções que estão em evidência atualmente e deixam qualquer área incrível.

Fotos: Reprodução. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *