Receita do dia – Salada de salmão grelhado
19 de junho de 2017
Um festival de clássicos da MPB
20 de junho de 2017

Com R$ 1 milhão em investimento do Governo do Estado para projetos culturais em todo o Ceará, o processo do I Edital Cultura Infância chega à sua última etapa. A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) divulgou o resultado final do edital e os interessados já podem conferir a lista no site da instituição.

Primeiro em todo o País, o Edital Cultura Infância é destinado especificamente ao apoio a projetos culturais voltados para premissas como o reconhecimento das crianças como indivíduos autônomos, cidadãos e detentores de direitos, promovendo a infância como categoria social e cultural; o respeito às peculiaridades das diferentes identidades e fases da infância e suas implicações culturais, educacionais, sociais e econômicas; a contribuição para o desenvolvimento integral da criança por meio da Cultura Infância, nos aspectos físico, mental, ético, estético, político, humano e social.

“O Edital Cultura Infância tem entre seus objetivos democratizar o acesso da criança à arte e à cultura de forma equânime, contemplando as diferentes infâncias presentes em todo o território cearense, e estimular a participação infantil dentro do setor cultural, incentivando produções artísticas e culturais para as crianças, entendendo as artes como meios de experimentação, de socialização entre gerações e de produção conhecimento junto às crianças. Outros objetivos são ofertar às crianças bens e serviços artísticos que superem os padrões e modelos impostos pela cultura de massa, ampliar as referências artísticas e culturais das crianças”, ressalta o secretário da Cultura do Estado do Ceará, Fabiano dos Santos Piúba.

Assim como todos os novos editais da Secult, o I Edital Cultura Infância foi elaborado em um diálogo com a sociedade de interesse, contemplando as diferentes manifestações artísticas e culturais para o incentivo à convivência familiar e comunitária, além do acesso da criança a novas experiências, interações estéticas e valorização da diversidade.

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *