Cabelo perfeito no verão
18 de dezembro de 2013
Dieta vitaminada
18 de dezembro de 2013

Fim de ano sem estresse!

De acordo com estudo americano, 80% das pessoas esperam uma temporada de festas estressante

estresse_nopatio

Os estudos comprovam: dezembro é o mês mais estressante do ano! Uma pesquisa publicada na revista Circulation verificou que os infartos são mais comuns em dezembro por conta do estresse com as festas. Para metade dos homens entrevistados por um estudo inglês, as compras de Natal são mais estressantes que perder o emprego.

O problema do estresse gerado pelo fim do ano é o efeito cumulativo. São mais viagens, presentes e tempo com familiares distantes. Mas dá para aproveitar a temporada de festas sem se estressar. Existem estratégias para acabar com o estresse.

Alimente-se bem!

estresse3_nopatio

Muita gente come exageradamente em situações estressantes para se sentir melhor e mais calmo. É uma tentativa de equilibrar as emoções. Por isso, procure avaliar se é fome ou se você está tentando se mimar. Um laboratório de pesquisa descobriu que quem adora lanchinhos e come um quarto da quantidade de costume e em seguida se distrai sente-se igualmente satisfeito e até mais feliz depois de 15 minutos do que quem comeu a porção toda.

Divirta-se com as situações

girl shopping and carrying bags in a retail store

Se você conseguir se divertir com as filas das lojas e as brigas em famílias, poderá se sentir melhor e ainda baixa a pressão. Às vezes, tudo o que nos queixamos são também motivo de piadas. Por isso, se quer se queixar faça isso com humor! Todos gostam de quem coloca humor em tudo. O astral fica bem menos estressante.

Faça exercícios físicos se algo tem o estressado bastante. Com os prazos curtos do final do ano, o trabalho pode ficar bem irritante. Procure malhar ou apenas caminhar antes de ir para casa. O exercício controla o estresse a ansiedade.

Durma bem

estresse4_nopatio

Você tem que fazer um bolo para a confraternização do trabalho, os presentes ainda estão por embrulhar e você vai ter que adiar a hora de dormir. Mas fique atento sobre quanto esse horário acordado será estendido. As pessoas que não dormem o suficiente tendem a ficar mais suscetíveis ao estresse e tem mais dificuldade de lidar com as situações irritantes. Por isso, organize seu dia para que você tenha tempo suficiente para restaurar o corpo depois de um dia cansativo.

Evite utilizar o café como estimulante para ficar mais tempo acordado. A cafeína tem o poder de aumentar os hormônios do estresse como cortisol e epifrina. O chá-verde é uma boa opção para manter-se calmo e contente, com bem menos cafeínas.

Sem drama

estresse5_nopatio

Com a família inteira reunida, fica mais difícil fugir de dramas e sentimentos do passado. Mas é possível se manter longe das discussões que acontecem todos os anos e são relembradas por estarem na mesma casa, com as mesmas pessoas e a mesma comida. Se algo que não lhe agrada começa a acontecer, vá mais vezes no banheiro ou em outros cômodos da casa. Ao voltar, relembre que você já conhece aquela história e não se envolva no drama familiar.

Controle as situações estressantes

estresse6_nopatio

O estresse ajuda os animais a fugirem de situações perigosas. A pressão arterial sobe e uma dose enorme de adrenalina é liberada na corrente sanguínea para que eles possam fugir do perigo. Com os seres humanos, acontece a mesma coisa no corpo. A única diferença é que nem sempre precisamos fugir. Com o tempo, esses picos de pressão elevada e do nível de adrenalina podem levar a quadros de hipertensão, diabetes, ansiedade e depressão.

Assuma o controle das situações. Isso o deixará menos árduo. Transforme as situações que você não tem controle em outras que você pode controlar e transforma-las em algo melhor.

As festas de fim de ano são momentos para reencontrar uma parte da família que mora longe, apreciar as lembranças de um ano que se passou e colher os frutos de doze meses trabalhando. Curta as crianças, os mais velhos, os jovens e deixe o estresse bem longe dos últimos dias do ano.

 

Fotos: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *