Hospital Albert Sabin comemora Dia das Crianças com festa e distribuição de brinquedos aos pacientes
3 de outubro de 2019
5 filmes com Joaquin Phoenix para assistir além de Coringa
3 de outubro de 2019

Influenciadores digitais faturam alto com os polêmicos Stories por Assinatura

A gente sabe que vive em um mundo no qual as pessoas sempre dão um jeito de ganhar dinheiro  com tudo. E, em se tratando dos influenciadores digitais, parece que eles conseguem se superar a cada dia quando o assunto é encontrar meios de monetizar sua grande quantidade de seguidores e, assim, faturar alto. E a mais recente aposta deles para engordar a conta bancária está causando uma certa polêmica… Você já ouviu falar nos Stories por Assinatura?

Já faz um tempo que o recurso “Melhores Amigos” foi lançado para o Instagram. Em geral, ele funciona como um grupo fechado com as pessoas mais íntimas que poderão ter acesso a conteúdos mais particulares postados pelo usuário. Pois bem, pelo menos foi para isso que o recurso foi criado.

Acontece que não tardou para que vários digitais influencers resolvessem dar outra utilidade para a ferramenta. Eles passaram a cobrar uma taxa para seguidores que quisessem ter acesso a conteúdos exclusivos. Os chamados Stories Patrocinados funcionam de forma bem simples. O seguidor paga uma assinatura mensal e é incluído dentro do grupo Melhores Amigos” do influencer. E assim, sempre que ele postar coisas através dessa ferramenta, somente aqueles que pagaram poderão ter acesso.

O caso ganhou repercussão quando a blogueira Virgínia Fonseca anunciou seu serviço de Stories por Assinatura. Em um vídeo, ela anunciou que por R$14,90, o seguidor entraria para seu grupo de “Melhores Amigos” e teria acesso a vídeos exclusivos de sua rotina, dicas de compras, review de produtos e até mesmo dicas para fazer sucesso na internet. De acordo com o jornal Estadão, as 500 vagas foram preenchidas rapidamente.

Achou R$14,90 por mês muito? Pois saiba que há influenciadores brasileiros chegando a cobrar R$250, o que dá três mil reais por ano! É o caso de Raiam Santos, empresário, que utiliza a ferramenta para dar dicas e aulas sobre marketing e empreendedorismo.

Por outro lado, o Instagram não se posicionou sobre a polêmica dos Stories por Assinatura, muito menos sobre a cobrança para incluir alguém na ferramenta “Melhores Amigos”. E aí, vocês pagariam para ver os Stories de alguém?

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *