como aderir ao hair piercing
Hair Piercing – Como aderir à essa hair trend!
8 de setembro de 2021
Vila das Artes abre inscrições para cursos online
8 de setembro de 2021

Iza, Caetano Veloso, Dudabeat e outros famosos se reúnem em Canção pra Amazônia

Que o mundo está enfrentando cada vez mais crises devido ao desmatamento e ao aquecimento global é inegável. Por se tratar de uma das maiores florestas o mundo, a região amazônica é de grande importância para a regulamentação do clima em todo o planeta, mas segue sofrendo com os desmatamentos. Então, pensando nisso, um grupo de artistas se uniu na tentativa de tocas as pessoas e fazer com que elas também se unam em prol de um movimento: salvar a Amazônia. E assim nasceu o projeto Canção pra Amazônia.

Escrita por Chico César e Carlos Rennó, a canção conta ainda com melodia feita por Nando Reis. A iniciativa foi fruto de uma parceria com o Greespeace e a Relicário Produções. Canção pra Amazônia faz parte do projeto Voz da Floresta e vem sendo desenvolvida desde o começo do ano. Ao todo, ele conseguiu reunir as vozes de 31 artistas, todas em pro da luta pela preservação da Floresta Amazônica.

Canção pra Amazônia

Além do trio de compositores, outros artistas como Iza, Caetano Veloso, Dudabeat, Elza Soares também se envolveram no projeto. Na música, podemos ouvir ainda Gilberto Gil, Agnes Nunes, Arnaldo Antunes, Baco Exu do Blues, Camila Pitanga, Céu, Chico César, Criolo, Daniela Mercury, Diogo Nogueira, Djuena Tikuna, Flor Gil, Gaby Amarantos, Majur, Maria Bethânia, Milton Nascimento, Péricles, Preta Gil, Rael, Rincon Sapiência, Samuel Rosa, Thaline Karajá, Vitão e Xande de Pilares.

Uma Canção pra Amazônia feita seguindo todos os protocolos

A produção do projeto começou ainda em fevereiro deste ano. Porém o ritmo precisou ser lento devido à pandemia de Covid-19. Então, todos os artistas envolvidos precisaram gravar suas vozes individualmente, tudo a fim de minimizar qualquer risco à saúde dos participantes. O resultado foi uma canção emocionante que começa dizendo que “A maior floresta tropical da terra, a toda hora sofre um duro golpe. Contra trator, corrente, motosserra; A bela flora clama em vão: ‘me poupe’”.

Mas além dos artistas, do Greenpeace e da produtora, o projeto também contou com o apoio da Articulação dos Povos Indígenas no Brasil (APIB), da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB), e do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) e a Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional – FASE Amazônia.

Fotos e vídeo: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *