Dicas de exercícios para quem trabalha sentado o dia inteiro
16 de outubro de 2015
Filmes teen para você se divertir no fim de semana
16 de outubro de 2015


Na próxima segunda-feira (19/10), o programa Questão de Ordem da TV Assembleia (canal 30) vai abordar os 170 anos de fundação do Liceu do Ceará, a escola pública mais antiga do estado e também uma das três mais antigas do País. Para falar sobre o assunto foram convidados a participar do programa, a atual diretora da escola, Catarina Inês de Almeida e o ex-aluno e ex-professor de matemática da instituição, Raimundo Praciano.

O Liceu do Ceará é considerado patrimônio público do estado, tendo sido criado ainda na época do Império, no século XIX, assim como alguns colégios contemporâneos de outras províncias, inspirados nos moldes do Colégio Dom Pedro II, que foi fundado em 1837 no Rio de Janeiro.

A escola que até o século XX era frequentada pela “elite intelectual” do estado do Ceará, por ser o colégio preferencial das classes mais abastadas, era reflexo da qualidade da educação lecionada. Atualmente, o Liceu do Ceará conta com laboratórios de informática, química e física, além de espaço para pesquisas na área de biologia.

Desde o mês de agosto deste ano vem ocorrendo comemorações em prol dos 170 anos do Liceu do Ceará, com direito até mesmo ao lançamento do livro “O Liceu do Meu Tempo”. Organizado pelo escritor e ex-aluno, Auriberto Cavalcante, buscando reavivar bons sentimentos pela escola através de antigas memórias.

Liceu do Ceará  2

Com o objetivo de ser um canal de comunicação direto com o cidadão, o programa Questão de Ordem já abordou diversos temas de interesse da sociedade em geral, como mobilidade urbana, direitos culturais, economia criativa e até assuntos mais polêmicos, como a união entre pessoas do mesmo sexo e a pena de morte.

A programação que tem produção de Helenir Medeiros e apresentação do jornalista Renato Abreu vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 19:30 horas. A reprise acontece no dia seguinte, às 7:20 horas.

 

Fotos: Reprodução. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *