Brasileiros desenvolvem novidade para tratamento da esquizofrenia
1 de setembro de 2011
Aposte na power caminhada
1 de setembro de 2011

O açaí se popularizou de tal maneira que hoje em dia, em qualquer lugar do Brasil, é fácil encontrar algum apreciador desse alimento, não é mesmo? A fruta tem sido utilizada não só no ramo alimentício, como na indústria de cosméticos e na área da saúde. Essa semana mais uma novidade surgiu para provar seus benefícios! Dessa vez, trata-se de um curativo para tratar queimaduras e dermatites.

O produto foi desenvolvido pelo Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen), associado à Universidade de São Paulo (USP). O curativo une as propriedades regenerativas do óleo de açaí com os hidrogéis de polivinilpirrolidona (PVP), específicos para lesões de pele. O objetivo é usá-lo para queimaduras e outras condições anormais, como dermatites, escamações e ressecamento.

De acordo com Ana Carolina Machado, responsável pelo desenvolvimento do novo curativo, o óleo de açaí é rico em ácidos graxos essenciais (Ômega 3,6 e 9) e em antioxidantes, fundamentais para a regeneração do tecido epitelial. Já os hidrogéis são curativos que apresentam bons resultados em casos como queimaduras, uma vez que são ricos em água. Eles hidratam em vez de grudarem no ferimento.

O dispositivo já foi testado em animais e os resultados foram “animadores”, segundo Ana Carolina. Durante o processo, o curativo liberou óleo sobre uma irritação cutânea durante 24 horas. No entanto, mais testes ainda precisam ser feitos antes que o produto chegue ao mercado. Os pesquisadores garantem que a novidade tem potencial para ser comercializado e ainda com o custo reduzido! Então vamos torcer que essa idéia possa trazer ótimos benefícios para a saúde!

 

Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *