crise com Camila Queiroz
Globo se pronuncia sobre crise com Camila Queiroz e desmente fake news
29 de novembro de 2021
elfos
Terror natalino? Nova série da Netflix transforma elfos em seres assustadores
29 de novembro de 2021
Marighella

Poucos filmes nacionais causaram tanta controvérsia – antes, durante e mesmo depois de seu lançamento – quanto Marighella. O filme, gravado em 2017, deveria ter estreado nos cinemas brasileiros em 2019. Porém, acabou sofrendo uma espécie de boicote da Ancine, que represou a liberação da verba para o longa, bem como impediu sua estreia. Mas ainda assim, o filme conseguiu chegar aos cinemas brasileiros este ano, e em pouco tempo já se tornou o filme mais assistido de 2021. E agora ele está prestes a estrear também no streaming.

Marighella

Dirigido por Wagner Moura, Marighella traz a história de Carlos Marighella, guerrilheiro que combateu a ditadura militar no Brasil ferrenhamente. Enquanto os negacionistas da ditadura insistem erroneamente em chamá-lo de “bandido”, o filme o retrata como um verdadeiro herói, na atuação impecável de Seu Jorge, que é quem dá vida ao personagem.

Wagner Moura acusa funcionários públicos do governo de terem censurado a obra e, por isso, terem imposto tantos entraves burocráticos para a liberação da obra. Mas agora, quem não viu o filme nos cinemas vai poder conferi-lo no streaming. Isso porque a Globoplay anunciou que ele vai estrear exclusivamente na plataforma, no próximo sábado (04).

Marighella e a aclamação internacional

Marighella teve uma pré-estreia internacional em 2019, durante o Festival de Cinema de Berlim. Já em 2020, o filme foi exibido nos Estados Unidos, onde também foi sucesso de público e, principalmente, de crítica. Durante as exibições internacionais, o filme foi extremamente aclamado e Wagner Moura chegou a ser comparado a grandes cineastas mundiais. O longa estreou no Brasil há cerca de um mês. A expectativa era que fosse visto por cerca de 100 mil pessoas. Entretanto, nesse período foram vendidos mais de 250 mil ingressos, o que gerou uma arrecadação de cerca de 5 milhões de reais. Isso deu ao filme o título de maior sucesso do cinema brasileiro em 2021 e da era pandêmica em geral.

Fotos e vídeo: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *