Pets robôs fazem companhia para idosos
23 de novembro de 2015
O luau fashion da Água de Coco em Fortaleza!
23 de novembro de 2015

 

Fortaleza é uma das únicas capitais brasileiras que o Grupo mineiro Ponto de Partida ainda não conhece, pelo menos pessoalmente. Isto porque desde sempre a nossa capital frequenta os sonhos e fantasias do Grupo. Nossas praias, rendas, nossos artistas e suas histórias cheias do sol, sempre aqueceram o coração desses mineiros suspensos entre montanhas e com permanente nostalgia do mar.

E talvez fosse preciso mesmo esperar por um espetáculo que falasse de amor para marcar esse encontro. Assim o grupo chega a Fortaleza, com o coração cheio de emoção, como alguém que vai para o primeiro encontro, cheio de expectativa e um frisson de comecinho de namoro, grupo Ponto de Equilíbrio apresenta no cineteatro São Luiz o espetáculo “Par- Um Musical Apaixonante”, nos dias 3 e 4 de dezembro!

O espetáculo “PAR” dá continuidade à pesquisa do Ponto de Partida de uma linguagem e uma estética para o musical brasileiro, em que o ator é o centro do espetáculo. Ele canta, dança, interpreta e constrói, com sua ação, o espaço cênico. Nesse espetáculo, no entanto, mais do que em qualquer outro do grupo, a música é soberana – toda a história é contada por ela. Com formação instrumental de violão (Gilvan de Oliveira), sax (Cléber Alves) e percussão (Serginho Silva), a música se divide entre esse trio, os atores e adereços que, de quando em vez, se transformam em instrumentos percussivos.

ponto de partida nopatio2

“PAR” é um espetáculo que tem como tema a relação e seus inúmeros tons: o enamoramento, a paixão, o ciúme, a dor, os encontros, os desencontros, a celebração do amor. Para caminhar por esse tema com delicadeza e humor, o Grupo elegeu músicas de Chico Buarque, Dorival Caymmi, Tom Jobim, Ary Barroso, Caetano Veloso, Milton Nascimento, Vander Lee, Cartola, Rita Lee e canções de Pablo Bertola e Lido Loschi, especialmente compostas para o espetáculo. A direção musical e os arranjos são de Gilvan de Oliveira.

Como a proposta era fazer um espetáculo dançante, o Ponto de Partida trouxe da Alemanha para incorporar-se à sua equipe técnica, o bailarino e coreógrafo Wagner Moreira, professor convidado em 2013 da Universidade de Dança de Dresden – Palucca Hochschüle für Tanz, que assina a preparação corporal e coreografias de PAR, um espetáculo que, galantemente, convida o público para dançar. Em Fortaleza o espetáculo será patrocinado pelo Programa Petrobrás Distribuidora de Cultura.

Se você gosta de música de qualidade e quer enxergar o amor e a paixão através de um olhar diferente e inovador, não deixe de garantir o seu ingresso e conferir o espetáculo. fica a dica!

 

Sobre o Grupo Ponto de Partida

Com 35 anos de trajetória, o grupo mineiro Ponto de Partida estabeleceu-se como uma referência no teatro nacional. Pesquisou e desenvolveu uma linguagem única para musicais brasileiros e construiu uma dramaturgia inédita a partir da obra de autores como Guimarães Rosa, Carlos Drummond de Andrade, Jorge Amado, Manoel de Barros, Adélia Prado, Bartolomeu Campos de Queirós e compositores como Milton Nascimento e Chico Buarque. O grupo formou-se tecnicamente com os principais nomes do país – Fernanda Montenegro, Sérgio Britto, Cacá Carvalho, Jorginho de Carvalho, Babaya, Gilvan de Oliveira, para citar alguns. E é também o responsável pela criação e coordenação dos projetos Coro Meninos de Araçuaí, Bituca: Universidade de Música Popular e Estação Ponto de Partida.

 

Serviço:

PAR – UM MUSICAL APAIXONANTE

Grupo Ponto de Partida

Local: Cineteatro São Luiz – Fortaleza

Datas:  3 e 4 de dezembro

Horário: 19h

Capacidade: 1038 lugares

Duração: 70 minutos

Classificação indicativa: 10 anos

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia-entrada)

Endereço: Rua Major Facundo, 500. Centro – Praça do Ferreira – Fortaleza.

Informações: (85) 98799.1723

Horário de funcionamento da bilheteria: 

Terça e Quarta – 10h às 14:00 / 15:00 às 18:30

Quinta a Sábado -10h às 18:30

Venda online: http://www.ingressorapido.com.br/

 

Fotos: Reprodução/Guto Muniz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *