Dica do Dia – Câmera Digital Nikon na Ibyte
17 de setembro de 2015
Ceará passa a ter 146 municípios atendidos por carros-pipa
17 de setembro de 2015

Prefeitura de Sobral inicia cadastramento para regularização de vendedores ambulantes

Os vendedores ambulantes ou camelôs, como são popularmente conhecidos, são uma parte importante na economia das cidades. Eles distribuem bens e serviços acessíveis, oferecendo aos consumidores opções de varejo convenientes e baratas. Os turistas geralmente os veem como parte do desfrute de uma experiência autêntica e local e de lugares públicos dinâmicos.

No entanto, o ordenamento dos camelôs na atualidade é um grande desafio a ser enfrentado, mas com objetivo de não prejudicar os comerciantes e favorecer da melhor forma a todos, a Prefeitura de Sobral, através da Secretaria de Urbanismo, Patrimônio Histórico e Meio Ambiente (Seurb), está cadastrando os vendedores ambulantes que utilizam o espaço público para comercializarem mercadorias. A ação, que cumpre a lei municipal número 1484, de junho deste ano, tem o objetivo de regularizar essa atividade em praças e calçadas do município.

O cadastramento poderá ser feito até o dia 20 de outubro e os ambulantes devem se dirigir à Casa do Cidadão, das 8h às 17horas, com cópias autenticadas da carteira de Identidade, CPF e comprovante de residência. Eles também devem ser inscritos como Micro Empreendedor Individual (MEI).
Já para pessoas jurídicas que utilizam vendedores autônomos e ambulantes na comercialização de bilhetes de loterias, títulos de capitalização e similares, o requerimento deverá conter cópia autenticada do alvará de funcionamento atualizado da empresa com CNPJ, identidade, CPF e comprovante de residência do vendedor.

ambulantes 1

“O processo de regulamentação passa por três etapas. A primeira já está em vigor, que é o cadastramento dos comerciantes que utilizam o espaço público para realizar vendas; o segundo é o processo de análise desses cadastros, quando iremos licenciar os profissionais que poderão atuar no espaço público. O terceiro e último é a regulamentação, nesta, os escolhidos terão um período para levar a documentação necessária e receber o alvará de ocupação”, explicou Gizella Gomes, titular da Seurb.

A proposta da lei que autoriza os vendedores autônomos a ocupar espaços públicos para a realização de vendas foi apresentado à Câmara Municipal de Sobral, em junho deste ano pelo vereador José Crisóstomo Ibiapina (Zezão).

 

Fotos: Reprodução. 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *