Polêmica: hater cria petição online para prender Anitta
27 de novembro de 2019
Os 10 clipes mais vistos no Youtube em 2019
27 de novembro de 2019

O Teatro Carlos Câmara receberá um novo projeto a partir do dia 29 de novembro: Ocupação Tradição – Do Cariri a Fortaleza. A programação propõe um intercâmbio entre grupos e artistas da região do Cariri, da capital e de outros municípios do Estado com espetáculos de artes cênicas, música e folguedos, em um diálogo multicultural de linguagens artísticas. A ocupação de seis meses tem o objetivo de fomentar e dinamizar o fazer cênico, estabelecendo conexões entre o erudito e o popular.

Para abrir esta temporada, a Associação Movimentos, instituição selecionada através do Edital de Chamamento Público para Seleção do Programa de Ocupação Artística e Cultural do Teatro Carlos Câmara – 2018, preparou uma programação que traz um pouco da magia e saberes da cultura do Cariri ao teatro. Na sexta-feira (29), a partir das 18h, no hall, o Programa Canto Popular reúne as Mestras Cacique Pequena (da tribo Jenipapo Kanindé – Aquiraz), Mazé (Reisado do Cariri) e Mãe Zimá (Umbanda Brasileira – Fortaleza) em rituais, bênçãos e apresentações.

Em seguida, sobe ao palco do teatro a Opereta Popular Canto de Reis, que conta com vários dos Tesouros Vivos da Cultura no elenco. Para encerrar a noite, haverá a Terreirada Cearense, com a Banda Cabaçal Irmãos Aniceto. A programação é gratuita.

Serviço:
Programação: 18h – Programa Canto Popular – Mestras da Cultura do Ceará Cacique Pequena (da tribo Jenipapo Kanindé – Aquiraz), Mazé (Cariri) e Mãe Zimá (Umbanda Brasileira – Fortaleza); 19h – Opereta Popular Canto de Reis; 20h30 – Terreirada Cearense – Banda Cabaçal Irmãos Aniceto

Fotos: Reprodução / Fonte: Secult

Gratuito

Mais informações: 3254.5542

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *