Dicas para manter um relacionamento à distância
3 de junho de 2019
Fenty – Vem conferir o lookbook completo da grife
3 de junho de 2019

Projeto Lápis Atômico lança 50 revistas de histórias em quadrinhos

Durante o período de 3 meses de 2018, sempre aos sábados pela manhã, dezenas de crianças de Ocara se encontravam para criar e produzir suas próprias histórias em quadrinhos. O resultado desses encontros é uma coleção de 50 gibis (no formato de 14 x 15cm, de 12 a 20 páginas), que foi lançado neste sábado, dia 01 de junho, às 16h.

As crianças participantes do projeto produziram histórias em quadrinhos expressando a maneira como percebem o mundo ao seu redor – HQs que fazem referência a Pedro Boca Rica e aos mamulengos dos teatros de bonecos; adaptações de histórias antigas que seus familiares contam como a lenda do Serrote e a origem da Festa da Almas; registros de acontecimentos cotidianos através de HQs autobiográficas; coisas que gostam e não gostam; como imaginam o futuro. São diversas histórias criativas que demonstram o quão fértil é a imaginação de uma criança.

Cada um dos 50 gibis terá uma tiragem de 60 cópias – totalizando 3000 mil exemplares. A tiragem será dividida entre as crianças que participaram do projeto e doadas a bibliotecas de Ocara. A proposta do projeto é que as próprias crianças façam circular as revistas através de empréstimo entre elas, criando uma rede de leitura na cidade. Uma maneira de estimular e promover a leitura dos novíssimos autores locais.

A ação faz parte do projeto “Lápis Atômico”, que estimula crianças a produzirem suas próprias histórias em quadrinhos. O projeto foi criado pelo artista Weaver Lima há mais de uma década e acontece, esporadicamente, no formato de oficinas em escolas e espaços culturais de Fortaleza. A metodologia do Lápis Atômico é simular um estúdio de produção estimulando crianças a criarem e desenvolverem suas próprias revistas em quadrinhos. Ocara é a primeira cidade fora da capital a receber o projeto.

O projeto Lápis Atômico também realizou o curso de capacitação para professores da rede pública de Ocara “Como utilizar quadrinhos em sala de aula”. No curso foram compartilhadas experiências de exercícios de estímulo a produção de desenho e quadrinhos, e passo-a-passo para criação de gibitecas.

Fotos: Reprodução/ Fonte: Secult

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *