Antonio Calloni magro e com tudo em cima
10 de março de 2015
Quarta Coletiva no Mercado dos Pinhões!
10 de março de 2015

Cachorros e gatinhos são as coisas mais fofas e ter um por perto é sempre muito bom! O amor que eles nos dão e a companhia que eles nos fazem, não tem preço que pague.

Porém, para sustentar um animalzinho em casa, com os cuidados básicos que todos eles precisam e devem ter, pode custar um pouquinho caro sim. É ração, vacinas, medicamentos e consultas regulares que não tem como cortar. Isso fora os gastos extras que podem aparecer de repente, como uma doença ou coisa do tipo.

Então, se você deseja adotar um animalzinho, é preciso que você esteja preparado financeiramente. Logo de cara, você já terá gastos com as primeiras, e principais, vacinas que o filhote deve tomar. E isso sem contar no comedouro, bebedouro, caminha, brinquedos e por aí vai.

Quanto-custa-manter-um-animal7

Se você decidir adotar um animal, o mais indicado a se fazer, além de você ajudar os bichinhos que estão esperando por um lar, você não vai ter gasto nenhum, pois você não precisa pagar para adotar um animal. Se o animal já for um pouco mais velho, ele já virá vacinado e na maioria das vezes até castrado. Outro gasto a menos que você terá.

Porém, ter um filhotinho em casa também é muito bom. Mas se você optar por um bebê, pode ser que ele ainda não esteja vacinado e você terá que pagar por elas. Nós já falamos aqui sobre as vacinas que todo filhote deve tomar, elas são importantíssimas para a saúde do animal. O valor delas muda em cada estado, podendo variar entre R$ 200 e R$ 400.

Em relação a comedouros, bebedouros, caminhas e brinquedos, isso vai depender única e exclusivamente de quanto você pode e quer gastar. Existem produtos de todos os preços, o cuidado que você deve ter aqui é com a saúde e o bem estar do animal. Sempre procurar produtos que sejam próprios para animais, indicados, seguros e que sejam compatíveis com o tamanho do seu animal.

Vacinas-para-seu-filhote-cachorro1

Antes de comprar qualquer coisa pesquise bem, veja se aquele produto não traz nenhum risco de causar machucados no animal. Se tiver dúvidas, pergunte para o seu veterinário o que ele acha do objeto que você escolheu.

Sobre os medicamentos, existem alguns básicos que todo animal precisa periodicamente como remédio de verme e antipulgas. Se você quiser fazer a limpeza dos ouvidos do animal em casa também terá que comprar produtos específicos para fazer essa limpeza. Mas, todos esses medicamentos tem um custo mais baixo.

Sobre os gastos mensais, o que está incluso aqui é basicamente a alimentação do animal. O tipo de alimentação e a quantidade devem ser indicados pelo veterinário. A raça e o tamanho do animal contam muito aqui. Um cachorro pequeno vai precisar de bem menos ração do que um de parte grande.

Quanto-custa-manter-um-animal5

Siga sempre as orientações do médico veterinário para que seu animal não fique desnutrido e nem para que ele fique obeso. Pois tanto a falta de peso quanto o sobrepeso podem causar doenças e trazer complicações para o cachorro, e isso significa mais gastos.

Aqui também devemos colocar na lista os banhos e as tosas do animal. Muita gente prefere dar os banhos em pet shops e clínicas, mas você também pode fazer isso em casa mesmo. Para o banho em casa é preciso que você tenha muito cuidado, proteja os ouvidos dele para que não entre água e tenha produtos indicados para lavar o animal.

A tosa é mais indicada que seja feita em locais especializados, pois cortar os pelos do seu bichinho pode ser uma tarefa perigosa, principalmente se ele for dos mais agitados. O melhor a fazer é deixar esse trabalho para as pessoas que são treinadas para isso. Tanto o banho quanto a tosa podem variar muito de valor, vai depender do tamanho, raça e quantidade de pelo do seu animal.

Quanto-custa-manter-um-animal4

Em relação a consultas, elas podem custar entre R$ 70 a R$ 150. As visitas ao veterinário não precisam ser mensais, porém devem ser periódicas. Assim como nós devemos fazer um check up geral sempre, nossos animais também precisam. Como eles não conseguem nos dizer o que estão sentindo, o ideal é que o tempo entre uma consulta e outra não seja muita longa. Levar seu pet ao veterinário a cada três ou quatro meses já está bom, mas veja com o seu veterinário qual intervalo é mais indicado para o seu bichinho.

E por fim, uma das maiores e principais coisas que todo animal no mundo precisa, e merece, é amor, e isso é de graça! E por ter certeza, o amor que ele vai lhe dar de volta vai compensar todos os gastos financeiros que você tiver com ele.

Nada paga o amor, a lealdade, o carinho e o companheirismo de um animal.

Tasha's Secrets

 

Fotos: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *