Seis posições sexuais para entrar em 2017 com tudo
22 de dezembro de 2016
A boa do fim de semana (de 23 a 25 de dezembro)
23 de dezembro de 2016

Como todos sabem, estamos atravessando uma das piores crises hídricas dos últimos 100 anos. Devido a isso, aumentaram o número de reportagens e campanhas de conscientização afirmando que o consumo doméstico da água é muito elevado e que nós precisamos adotar medidas para realizar uma maior economia desse importante recurso natural.

Sabemos também que a água é o bem mais estratégico do planeta e que pode entrar em escassez caso não haja a sua conservação. Mas será que mesmo sabendo de tudo isso, você procura evitar o consumo exagerado de água? Dando continuidade a série de matérias que o Pátio Hype preparou ao vestir a camisa da campanha da Cagece e do Governo do Estado do Ceará, hoje queremos repensar o consumo de água e saber quais são as atividades que mais consomem esse recurso indispensável em nossas vidas.

“A RÃ NÃO BEBE TODA A ÁGUA DO TANQUE ONDE MORA”

No Brasil, o consumo de água por pessoa chega a até 162 litros por dia (SNIS; 2014). Mas você sabia que, de acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas), 110 litros de água por dia são suficientes para atender às necessidades básicas de uma pessoa? Refletindo sobre esse antigo provérbio indígena norte-americano e sobre os dados da ONU, podemos afirmar que – apesar de ser algo muito importante – a grande maioria das pessoas não têm clareza sobre a importância fundamental desse valioso recurso para nossa sobrevivência e usam mal a água.

consumo-de-agua-3

Para se ter uma ideia desse desperdício de consumo, veja abaixo onde a água é mais consumida:

– 33% em descarga do banheiro;

– 27% para cozinhar e beber;

– 25% para tomar banho ou escovar os dentes;

– 12% para lavagem de roupa;

– 3% para outras tarefas.

Como se pode ver, no vaso sanitário se usa a maior quantidade de água, por isso, se deve buscar equipamentos de baixo consumo para que a quantidade de água descarregada por vez seja a menor possível. Somando perdas por instalações mal conservadas e maus hábitos, o desperdício relacionado com o consumo doméstico pode ser muito alto se não se adotam medidas corretivas eficientes, tanto nos hábitos como nos processos de manutenção das instalações.

REPENSANDO O CONSUMO

Você sabia que…

– Uma torneira pingando desperdiça cerca de 46 litros de água por dia. Em um ano, esse número soma 16 mil litros, o que representa cerca de 64 mil copos de água?

– Uma mangueira aberta por 30 minutos gasta cerca de 560 litros de água?

consumo-de-agua-2

– Um chuveiro ligado durante 15 minutos consome 135 litros de água. Diminuindo para cinco minutos, o consumo cai para 45 litros?

– Uma torneira aberta por cinco minutos aos escovar os dentes gasta 12 litros de água. Se fechada, gasta apenas meio litro?

– No tanque, uma torneira aberta por 15 minutos gasta até 279 litros de água. A lavadora de roupas, com capacidade de 5 Kg, gasta 135 litros?

– Fazer xixi durante o banho se economiza uma descarga, o que representa 12 litros de água potável que deixam de ser usados?

No Brasil, a maior quantidade de energia elétrica vem das usinas hidrelétricas (cerca de 95%). Por essa razão, usar a energia elétrica com consciência também é uma forma de combater o desperdício de água, consumindo o necessário e preservando esse precioso recurso natural. Mas, por que tenho que economizar energia se o que falta é água?

A resposta é bem simples. Em uma casa onde se consome, em média, 240 quilowatts hora/mês, são necessárias 1,6 mil caixas d’água de mil litros para gerar toda essa energia. Um ar-condicionado com potência de 9 mil btus, que fique ligado durante oito horas por dia, todos os dias do mês, consome energia elétrica gerada por 940 mil litros d’água. Portanto, não basta só ficar de olho nas torneiras. Lâmpadas e aparelhos ligados sem necessidade significam também um mal consumo de água.

As pessoas acostumadas a receber diariamente água potável às vezes não percebem seu verdadeiro valor e importância e esquecem que um pequeno vazamento, um mau estado das instalações sanitárias ou uma lâmpada que foi esquecida acessa pode ser origem de um enorme desperdício de água e de perda de dinheiro.

consumo-de-agua-4

O que podemos perceber, portanto, é que se a sociedade como um todo se unir e adotar posturas conjuntas no combate ao consumo exagerado da água e à degradação dos recursos hídricos, a água estará sempre disponível, sem causar nenhum tipo de prejuízo para as gerações futuras. Afinal, apesar de  70% da Terra está coberta de água, apenas 2% da água mundial pode ser consumida. Ou seja, se toda a água do mundo coubesse numa garrafa de um litro, apenas meia gotinha estaria disponível para beber.

Ficou assustado? A situação realmente é preocupante e caso você queira saber ainda mais sobre o assunto, confira nossas 20 dicas para evitar o desperdício e entenda o caminho das águas até que ela chegue em sua casa. Lembre-se: Uma pessoa pode sobreviver até um mês sem alimentar-se, mas só sete dias sem beber água. Você conseguiria imaginar-se sem esse importante recurso? A luta é de todos, abrace a campanha #TodospelaÁgua!

Por: Samya Nara

Fotos: Reprodução. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *