I Edital Escolas Livres da Cultura
5 de outubro de 2016
Juízes eleitorais querem presença da Força Nacional para 2º turno das eleições
6 de outubro de 2016

Hoje em dia, as crianças estão tendo cada vez mais autonomia para assistir a filmes infantis sem a presença de um adulto. E quase todo mundo sabe que ver filmes com a criançada pode ser uma ferramenta importante para estimular a observação, a capacidade de julgamento, sensibilidade, experiência estética, bem como articular espaços de discussão e interpretação com professores e com outras crianças na escola.

Então, por que não tornar esse momento de descontração também em conhecimento? Pensando nisso, o No Pátio listou quatro interessantes filmes nacionais que seus filhos devem ver. Confira:

◊ O Menino e o mundo

A premiadíssima animação de Alê Abreu traz elementos estéticos muito diferentes do que as crianças e jovens estão acostumados. Trata-se de um trabalho quase artesanal e por isso pode até causar certo estranhamento, porém é também uma experiência muito inspiradora, quer seja pela música e trilha sonora (porque os sons do filme são fundamentais), quer seja pela visualidade.

Como poucas obras, é um filme importante para todas as idades, pois há muitas camadas de leituras possíveis. Para crianças pequenas, pode ser uma experiência estética inédita. À medida que aumenta a idade do espectador, mais elementos da densidade dramática podem ser compreendidos. Fundamental para educadores (pais e professores), pois trata com sensibilidade como uma criança vê e sente o mundo dos adultos.

[youtube width=”850″ height=”550″]https://www.youtube.com/watch?v=bDvcQPnZtfc[/youtube]

◊ O grilo feliz

Outro belo desenho animado, muito elaborado foi “O Grilo Feliz”, com direção do publicitário Rafael Walbercy Ribas. O personagem do grilo apareceu primeiramente em um comercial da Sharp nos anos 1980. O filme demorou 20 anos pra ficar pronto, estreando nos cinemas em 2001. Em 2009, a mesma equipe lançou a continuação no filme “O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes”. As duas produções foram lançadas em DVD. Na página oficial do filme há diversas atividades educativas, além de trailer dos filmes e o making of.

[youtube width=”850″ height=”550″]https://www.youtube.com/watch?v=o-uRnTvDNec[/youtube]

◊ As aventuras do avião vermelho

A animação dirigida por Frederico Pinto e José Maia é uma adaptação da obra infantil de mesmo nome, escrita por Érico Veríssimo. Fernandinho é um menino de oito anos muito levado, que gostaria de ter mais atenção do pai. Ele é solitário e não se sente à vontade na escola. O pai tenta agradá-lo com presentes, mas não acerta. Até que ele tem ideia de lhe dar um livro de sua infância. Encantado com a história, Fernandinho decide que precisa de um avião para salvar o Capitão Tormenta – aviador personagem do livro, que está preso no Kamchatka. A bordo do Avião Vermelho e junto com seus brinquedos favoritos, Fernandinho visita lugares inusitados e percorre vários lugares no mundo.

Ao longo dessa jornada, ele descobre o prazer da leitura, a importância de ter amigos e o amor do pai. Não só o enredo estimula o hábito de ler, mas também o fato de ser uma adaptação literária. Em nossa lista de filmes nacionais que seus filhos devem ver esse é mais bonitinho!

[youtube width=”850″ height=”550″]https://www.youtube.com/watch?v=XJp2oHKAhUM[/youtube]

◊ Turma da Mônica – Uma aventura no tempo

No décimo filme realizado por Maurício de Souza com a Turma da Mônica, é possível acompanhar muitas aventuras dos personagens Mônica, Cebolinha, Magali, Cascão e Franjinha em tempos diferentes da História. Tudo começa com uma acidentada experiência de Franjinha, que pretende juntar os quatro elementos da Terra – fogo, ar, água e terra – para fazer uma viagem no tempo.

[youtube width=”850″ height=”550″]https://www.youtube.com/watch?v=TMI9k0OdCGk[/youtube]

Pouca gente sabe, mas a exibição de produções nacionais nas escolas está prevista na legislação. Em 27 de junho de 2014, um projeto proposto pelo senador Cristovam Buarque transformou-se na lei 13.006.

De acordo com o texto, define-se que “a exibição de filmes de produção nacional constituirá componente curricular complementar integrado à proposta pedagógica da escola, sendo a sua exibição obrigatória por, no mínimo, duas horas mensais”.

Mas, vamos deixar as determinações legais de lado. Afinal, a exibição e reflexão sobre filmes com as crianças pode ser uma ferramenta importante para estimular nas crianças a observação, a capacidade de julgamento, sensibilidade, experiência estética, bem como articular espaços de discussão e interpretação com professores e com outras crianças na escola.

Você conhece mais algum filme que gostaria de ver acrescentado em nossa lista? Conta para a gente nos comentários, que filmes nacionais que seus filhos devem ver?

 

 

 

Foto e vídeos: Reprodução. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *