Veja a programação dos museus do Dragão do Mar
15 de fevereiro de 2022
Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo chega a 400 milhões de seguidores. Veja os mais seguidos do Instagram
15 de fevereiro de 2022

Rapper faz poesia sobre gentileza dentro dos ônibus em Fortaleza

poesia sobre gentileza

A rotina de acordar cedo para esperar por um ônibus e se deslocar até o trabalho pode ser cansativa para muita gente. mas no que depender de Patrício dos Santos, esse momento pode ter um pouco mais de alegria, música e poesia. Isso porque o rapper utiliza o transporte coletivo na cidade de Fortaleza como forma de mostrar sua arte e fazer poesia sobre gentileza e outras coisas simples, mas essenciais em nosso dia a dia.

Patrício tem 26 anos e desde 2017 utiliza os ônibus da capital cearense para mostrar sua arte como rapper. Além das rimas sobre poesia, o cantor fala sobre o dia a dia na cidade grande e, claro, as diferenças sociais. Inspirado por outros artistas como Sabotage e Marcelo D2, além dos grupos Racionais MC’s, O Rappa e Charlie Brown Jr., ele vai construindo suas rimas e mostrando seu trabalho não apenas em busca de dinheiro, mas também para alegrar um pouco mais a vida de quem está ali na batalha também.

“Quando ligo a caixinha de som, começo a rimar, brinco com um, elogio o outro, as pessoas acabam sorrindo. Às vezes uma pessoa está sentada, com a cara fechada, e abre o riso assim sem nem querer”, contou ele em entrevista ao Diário do Nordeste.

Mas nem só de rima e poesia sobre gentileza vive o artista. Enquanto não pode viver exclusivamente de sua arte, Patrício também trabalha como padeiro para manter a casa em que vive com a esposa. E, em suas redes sociais, compartilha suas criações – tanto em pães quanto em músicas. E cada vez mais vem conquistando seguidores.

“Um dia quando eu cheguei em casa de noite, que eu fui olhar meu Instagram, tinha a mensagem de uma menina agradecendo pelo trabalho, porque antes de eu entrar no coletivo ela estava começando a ter uma crise de ansiedade”, lembrou ele.

Fotos: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *