DIY – Presente dia das mães
4 de maio de 2021
Corset – Como apostar na peça hit entre as fashionistas
5 de maio de 2021

Rinite e os “ites” – Guia completo para fugir das alergias

Cork, Ireland

Quem nunca sofreu com uma crise alérgica, não é mesmo? Independente da idade, existem diversos fatores que podem ocasionar uma reação no corpo. Por isso, o Pátio Hype preparou um guia para você se proteger nas estações mais amenas e não sofrer com os “ites” da vida. Confere aí!

Em primeiro lugar, nos meses mais frios do ano é comum ter um aumento dos casos de rinite e sinusite. Isso porque, o tempo seco desidrata a mucosa, o que leva a um processo inflamatório, que pode desencadear uma rinossinusite.

Embora sejam parecidas, existem diferenças entre a rinite e a sinusite. Por isso, é importante ficar atento aos sintomas para tratar essas patologias da melhor forma possível.

1 – O que é a rinite

A rinite é uma inflamação e/ou disfunção da mucosa de revestimento nasal, e possui os seguintes sintomas.

  • Obstrução nasal
  • Rinorreia (presença de secreção e corrimento nasal)
  • Espirros, prurido nasal
  • Diminuição do olfato

A forma mais comum da doença é a rinite alérgica, decorrente da inalação de substâncias que provocam uma reação alérgica em certas pessoas, tais como ácaros e poluição. Ainda assim, existem outros tipos da doença, como as rinites infecciosas, causadas por vírus e mais raramente, por bactérias.

No caso da Rinite alérgica, recomenda-se deixar os cômodos da casa e a roupa de cama bem limpos para não haver o acúmulo de poeira. Além disso, é importante deixar o sol entrar o Máximo possível.

Já nas rinites infecciosas, é importante higienizar bem as mãos, principalmente em lugares fechados e com aglomerações. Aqui vale usar e abusar do álcool gel, ok?

rinite sinusite

2 – O que é a sinusite

A sinusite por sua vez, geralmente é uma complicação de uma crise de rinite infecciosa ou alérgica que durou tempo demais. Os principais sintomas da sinusite são:

  • Secreção espessa e purulenta
  • dores no rosto
  • muita tosse
  • dores de cabeça

Ainda assim, a sinusite pode ser aguda ou crônica. No primeiro caso, a sinusite decorre de um processo inflamatório iniciado no nariz, e pode durar até 12 semanas, com desaparecimento completo após o tratamento.

No segundo caso, a sinusite já ultrapassa as 12 semanas e a mucosa nasal e dos seios da face têm facilidade para a formação de pólipos, favorecendo o acúmulo de secreções e infecções bacterianas

rinite sinusite

3 – O que é rinossinusite

Esse termo normalmente é usado com consenso entre os especialistas. Tendo em vista que a rinite e a sinusite são frequentemente doenas em continuidade.

Por isso, podemos ter um episódio esporádico de rinite ou que pode-se estender para os seios da face, gerando uma rinossinusite

rinite sinusite

4 – Dicas de prevenção

Planeje sua alimentação! – Durante o inverno e outono, a alimentação deve receber uma atenção especial, buscando aumentar a ingestão de frutas e verduras, que auxiliam na reposição das vitaminas C e D

Cuidado ao limpar a casa! – Varrer e Aspirar não eliminam totalmente a poeira e acabam trazendo essas partículas para o ar novamente. O correto é sempre tirar o pó com pano úmido, que gruda a poeira

Utilize umidificadores com moderação! – Esses aparelhos podem ajudar muito em ambientes secos. No entanto, O excesso ou o mau uso dele podem causar mofo dentro de casa, gerando o efeito contrário ao desejado.

Evite ar-condicionado! – Por tirar a umidade do ambiente, o ar-condicionado torna o ar mais seco e frio, sobrecarregando as vias respiratórias.

E aí, curtiu? Conta para a gente o que você achou e comente aqui embaixo quais cuidados não podem faltar nas estações mais amenas. Lembre-se de visitar o Pátio Hype regularmente para ler mais matérias como essa.

Fotos: reprodução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *