5 técnicas de automassagem para fazer em apenas alguns minutinhos!
21 de setembro de 2020
casal de A Fazenda: Mariano e Jake embaixo do adredom
Primeiro casal de A Fazenda 12 se forma e fãs vão a loucura nas redes sociais
21 de setembro de 2020
A atriz Lily James se pesando em uma balança em cena do filme O Mínimo Para Viver, sobre saúde mental

Seguimos na campanha Setembro Amarelo. O mês é dedicado a projetos de prevenção ao suicídio, esclarecimento sobre a depressão, ansiedade e outras doenças psicológicas e, claro, projetos de cuidado da saúde mental. Afinal, se a gente cuida tanto da saúde do corpo, por que não cuidar também da saúde da mente? Então, seguindo essa temática, trouxemos três filmes sobre saúde mental que são significantes justamente por discutirem a importância de cuidar da saúde mental e o que problemas que algumas pessoas acham “bobagem” na verdade podem trazer grandes consequências. E o melhor: todos eles estão na Netflix. Então, confere só a lista:

O Mínimo Para Viver

Vivemos em um mundo de imagens, redes sociais e julgamentos. Com isso, os padrões estéticos parecem cada dia mais impossíveis de se alcançar. E por mais que diariamente movimentos contra a gordofobia e de aceitação do próprio corpo surjam, ainda há muita gente brigando feio com a balança e com o espelho. Mas, ao contrário do que algumas pessoas pensem ou digam, estar magro não é necessariamente sinônimo de estar saudável. E é isso o que vemos neste filme, onde acompanhamos a jovem Ellen em sua batalha pela vida e contra a anorexia. O filme mostra como a conscientização sobre transtornos alimentarem é importante e como buscar ajuda não pode ser estigmatizada.

Se Enlouquecer, Não se Apaixone

Nem todos os filmes sobre saúde mental precisam ser tristes e pesados. Esse é um filme leve, mas que aborda um tema muito importante: a depressão. O jovem Craig tem apenas 15 anos e está com sérios pensamentos suicidas. Então, por conta própria, ele resolve buscar ajuda na ala psiquiátrica de um hospital. Não demora para que ele se arrependa de sua decisão, mas então ele é convencido a ficar um pouco mais. Então ele conhece outros pacientes e suas histórias, e começa a ver sua própria condição de forma diferente. No hospital, ele acaba se encantando pela jovem Noelle e os dois começam a conversar cada vez mais sobre as coisas que os deixam ansiosos. Um filme com final feliz, divertido, mas que passa uma importante mensagem sobre buscar ajuda e que depressão é sim uma condição médica séria.

As Vantagens de Ser Invisível

O jovem Charlie está enfrentando uma série depressão após o suicídio de seu amigo. Ele também lida com a culpa por um acidente de carro que sua tia sofreu e acabou morrendo. Então, por não ter mais nenhuma outra amizade, ele escreve cartas para um amigo imaginário após entrar em uma nova escola. A esperança dele é que nesse novo local ele consiga fazer amigos novos e se sentir melhor. Então lá, ele acaba sendo acolhido por um grupo de amigos que, mesmo sem querer, tentam mostrar a ele que existe alguma cor na vida. Um filme sensível que mostra que não temos total controle sobre o que aconteceu na nossa vida, mas que podemos sim escolher como os imprevistos vão nos afetar e impedir de chegar onde queremos.

Se identificou com algum desses filmes sobre saúde mental? Então procure ajuda, afinal, saúde mental é coisa série e buscar ajuda para lidar com situações difíceis não é motivo nenhum de vergonha!

Fotos e vídeos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *