Simpatias de ano novo!
29 de dezembro de 2015
Faça você mesmo – Um balanço de skate!
30 de dezembro de 2015

Ver seu bebê crescendo e aprendendo coisas novas dá orgulho a qualquer pai e mãe. Cada coisa que ele passa a conseguir fazer sozinho também é motivo de muita alegria para os pais.

Querer comer sozinho é uma coisa natural e saudável, mas que muitos pais reprimem por conta da sujeira que os bebês acabam fazendo. Geralmente essa vontade aparece por volta dos 8 meses, quando o bebê ganha mais coordenação motora.

O nutrólogo Ary Cardoso, do Instituto da Criança do HC-FMUSP, explica que “Uma criança consegue desenvolver suas habilidades à medida que a refeição tem novidades, novos sabores e cores”. “Se a introdução de alimentos variados for gradativa, ela fica curiosa e aprende a manipulá-los até conseguir segurar sozinha”, finaliza.

O No Pátio lista agora algumas dicas para que você saiba como incentivar seu bebê para que ele passe a comer sozinho, confira!

Seu-bebê-comendo-sozinho6

Permita que o bebê brinque com a comida – Ele ainda estará descobrindo exatamente para quê serve aquilo que você está dando para ele. Muitas vezes, antes de comer os bebês vão querer brincar um pouco com a comida. Isso também faz parte do aprendizado do bebê de como se manuseia o alimento, então permita toda sujeira nesse momento e se divirta com as descobertas do bebê.

Deixe-o comer com as mãos – A primeira tentativa de comer sozinho dos pequenos será com as mãos! Isso é importante inclusive para que ele descubra a textura dos alimentos. Nessa fase, procure dar alimentos com alguma consistência, os quais a criança consiga segurar sem esmagar como uma bolachinha, uma banana ou uma fatia pequena de maçã.

Crie uma rotina de alimentação – Segundo nutrólogos e pediatras, o ideal é estabelecer horários para a alimentação do bebê. Assim como nós, ele também precisa ter um horário certo para o cofé da manhã, lanche, almoço e para todas as outras refeições do dia. A criança precisa de rotina e de disciplina até na hora de se alimentar, até para que ele aprenda que cada comida tem a sua hora certa.

Seu-bebê-comendo-sozinho5

Oferecendo os alimentos certos – Para aumentar a curiosidade e a vontade da criança de comer sozinha, o ideal é que a comida seja bem colorida e chamativa. Você pode picar batata, beterraba, tomate e lascas de carne e de peixe, tudo com um tempero bem leve para as crianças. Com uma comidinha dessas, além de aprender a diferenciar as cores, a criança vai movimentar bem os dedinhos.

Iniciando o uso de talheres – Com o tempo a criança vai querer segurar o seu talher. Ela vai começar segurando junto com você, aprendendo o movimento. Quando perceber que o bebê consegue segurar a colherzinha, deixe que ele tente sozinho. No início, a criança não vai conseguir colocar comida na colher e nem levá-la à boca e vai derrubar a colher no meio do caminho várias vezes, mas o mais importante é continuar tentando.

Os talheres mais indicados para as crianças são os de cabo mais grossos, que são mais fáceis de segurar. Quanto ao material, opte pelos de plástico ou silicone, que machucam menos. Nada de comprar talheres diferenciados para bebês, pois o que se pretende aqui é que a criança aprenda a segurar e usar o talher que usará até a vida adulta.

eating baby girl

Hora de usar copos – Comece dando pequenos goles aos pequenos com o copo nas suas mãos. Quando ele estiver bem adaptado ao copo, você já pode dar nas mãos da criança com pequenas quantidades de líquido. Escolha os copos com alças, para que a criança segure com mais facilidade, e bocal.

Seja o exemplo para seu filho – Todo filho tem o costume de imitar os pais, e quando o assunto é alimentação isso não é diferente. Sendo assim, manter horários regulares nas refeições e ingerir alimentos saudáveis são ótimos passos na hora de incentivar seu filho a aprender a comer sozinho.

Seu-bebê-comendo-sozinho7

Além dessas dicas, é importante lembrar-se de que esse momento de aprendizado da criança deve ser leve e sem estresse. Esteja consciente de que haverá muita sujeira no início. Não brigue com a criança por conta disso, tente se divertir com ela. Esse é um momento bastante importante para o desenvolvimento da sua coordenação motora e independência da criança.

 

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *