Quase dois mil estudantes se inscrevem para seleção de estágio na Assembleia legislativa
19 de agosto de 2015
Lailtinho Brega e Madame Mastrogilda em noite de humor no OFF Outlet !
19 de agosto de 2015

Há algumas semanas, divulgamos aqui que estava rolando um impasse entre Jane Birkin e a grife francesa Hermès, devido a um vídeo da organização em defesa dos animais – Peta – que relatava como eram criados e executados os crocodilos que originavam as bolsas Birkin. Após o chocante episódio, a ex-modelo solicitou que a marca não associasse seu nome a eles. A Hermès ainda não se manifestou a respeito, mas agora outra grife/estilista está na luta contra a crueldade com os animais: Stella McCartney.Na investigação sobre o couro de crocodilos, no caso da Hermès, o local foi o Texas. Desta vez, a investigação se deu na Argentina. O relatado foi que a lã (que seria retirada da tosa sem, portanto, machucar o animal) era obtida através de “mutilações rotineiras” de cordeiros e carneiros e isso se daria em dois ranchos específicos, locais que serviam especificamente as marcas Stella McCartney e Patagonia.

Foi aí que Stella, como boa ativista dos direitos dos animais (ela nem usa couro nem pele tampouco usa o material em suas roupas), cortou relações com os ditos fornecedores. Vale lembrar que a marca Patagonia também é comprometida com a causa animal. McCartney se manifestou no instagram: “Estou muito entristecida em informar que tivemos que cessar a terceirização de parte de nossa lã sustentável da Ovnis 21, em Patagonia. Nasceu [a parceria] como uma incrível iniciativa para ajudar a proteger milhões de acres de pastagens em vias de extinção na Patagonia, ao passo que prezávamos o bem-estar dos animais. Infelizmente, após conduzir nossa própria investigação na Argentina, seguindo uma muito angustiante visualização de imagens fornecidos pelo pessoal ótimo do @officialpeta, nós descobrimos que dos 26 ranchos que nós utilizávamos lã sustentável, um maltratava suas ovelhas. E um é demais”, lamentou-se.

criação-de-ovelhas

Ela continuou o post emocionante, afirmando que está triste com a descoberta e com o fim da parceria, mas está cada vez mais determinada a lutar pelos direitos dos animais, monitorando cada vez mais o processo de produção.

Isso é que é estar comprometida com a causa, hein? Nós te apoiamos, Stella! Mas hein, o que acharam do novo episódio de Stella McCartney e Peta? Será que vem mais polêmica por aí?

 

Fotos: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *