Programa de Redistribuição Alimentar de Excedentes quer garantir destinação de sobras alimentares
22 de julho de 2015
Prefeitura inaugura posto de saúde na Itaóca
22 de julho de 2015

Sustentabilidade ganha força no Senado


O Senado aderiu à sustentabilidade que ganhou forças com a elaboração do Plano de Gestão de Logística Sustentável. O documento que é composto de metas definidas, indicadores e mecanismos de monitoramento para a adoção de práticas sustentáveis e racionalização de gastos e processos na Casa, foi elaborado por uma comissão multidisciplinar, presidida pelo Núcleo de Coordenação das Ações Socioambientais, com representantes de diversos setores, como as Secretarias de Patrimônio, Infraestrutura e Tecnologia da Informação, além da Diretoria-Geral e da Secretaria-Geral da Mesa.

Material de consumo, serviços de impressão, arborização e áreas verdes, deslocamento de pessoal, gestão de resíduos, qualidade de vida no ambiente de trabalho, compras e contratações sustentáveis, água e esgoto, energia elétrica, serviços gráficos e tecnologia da informação fazem parte dos onze eixos temáticos que estruturam o plano.

Totalizando 83 ações com 120 metas a serem cumpridas, entre as exigências que favorecem a sustentabilidade estão, à etiquetagem de eficiência energética de grau máximo nas novas construções e aumento da eficiência nos casos já existentes e a instalação de torneiras econômicas, assim como, o pedido aos fornecedores para que recolham e deem destinação adequada aos resíduos dos objetos de logística.

Copos biodegradáveis substituirão os copos descartáveis no Plano.

Copos biodegradáveis substituirão os copos descartáveis no Plano.

Espera-se que as impressões sejam reduzidas em 20% dentro do prazo de 12 meses, enquanto a construção de vestiários para ciclistas deverá ser feita em até 24 meses. Copos biodegradáveis substituirão os copos descartáveis de plástico, reduzindo em 30% o consumo.

“É um plano ousado, mas feito de forma responsável. Foi construído em conjunto com as áreas, que puderam identificar como poderiam contribuir com a redução do consumo e com o uso racional dos recursos”, disse a coordenadora do Núcleo de Coordenação das Ações Socioambientais, Andrea Bakaj.

A implementação do Plano de Gestão de Logística Sustentável está inserida no contexto do compromisso com a sustentabilidade, prevista na Carta de Compromissos do Senado.

 

Fotos:Reprodução.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *