As incríveis comunidades governadas por mulheres no mundo de hoje
10 de março de 2021
CMFor – Frente Parlamentar debate unificação de sistema para cadastro de vacinação
10 de março de 2021

(TDAH) – 5 dicas para lidar com crianças hiperativas!

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade é uma condição psiquiátrica que atinge de 3 a 5% da população mundial. Para muitos, lidar com esse quadro é difícil e desafiador. Por isso, o Pátio Hype preparou para você uma lista com 5 dicas de como amenizar a situação e conseguir lidar melhor com crianças hiperativas. Confere aí!

1 – Imponha limites

Por serem mais inquietas, as crianças hiperativas tendem a serem mais intolerantes a regras e a obedecer a ordens. Por isso, é essencial que os pais e tutores imponham limites desde cedo para que os pequenos possam entender a importância do respeito às regras.

2 – Incentive a organização

Um dos principais problemas para crianças com esse transtorno, é a manutenção de disciplina, principalmente nas atividades escolares e acadêmicas. Por isso, é de suma importância que haja um estímulo à organização das tarefas.

Nesse sentido, é possível conseguir resultados excelentes utilizando agendas e cronogramas para manter a rotina e fazer com que o dia a dia da criança seja produtivo.

3 – Tenha paciência

Por mais que não seja fácil, perder a cabeça diante das atitudes de uma criança hiperativa só traz malefícios para a relação e para o crescimento do pequeno. É importante ter empatia e tentar lidar da maneira mais bem-humorada possível, até porque nem sempre a criança consegue entender que está fazendo algo errado.

4 – Não compare

Mesmo que seja comum utilizar comparações a fim de despertar mudanças de comportamento nos filhos. Para crianças com (TDAH), essa comparação pode não ser justa nem saudável, uma vez que algumas atividades apresentam um grau de dificuldade muito maior para crianças hiperativas do que para os que não possuem o transtorno.

Por outro lado, essas comparações podem desencadear diversos problemas de autoestima na criança. Logo, é conveniente não utilizar esse artifício para educar os pequenos.

5 – Incentive a prática de atividades físicas.

Energia é o que não falta para crianças que tem hiperatividade, não é mesmo? A prática de atividades físicas é uma ótima válvula de escape para toda essa energia acumulada. Além do gasto energético, as atividades contribuem para amenizar sintomas como a inquietude e a insônia. Além disso, algumas atividades como as artes marciais, podem estimular o desenvolvimento de disciplina e respeito.

E aí, Curtiu? Conta para a gente o que achou das dicas e lembre-se de visitar o Pátio Hype regularmente para ler mais matérias como essa.

Fotos reprodução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *