Vereador quer reaproveitar alimentos que seriam desperdiçados em restaurantes
23 de outubro de 2015
Quer fazer uma graduação em Portugal? Com uma boa nota no Enem, isso é possível
23 de outubro de 2015


Será que você, como muita gente por aí, adora apreciar uma cerveja gelada, mas tem medo de que ela possa fazer seu peso aumentar e causar problemas à sua saúde? Pois um novo estudo realizado na Espanha está dizendo o contrário.

Mas calma lá! Tudo quanto consumirmos em excesso vai nos trazer algum malefício, até mesmo a própria água, vital para a sobrevivência de todos os seres vivos. E tal como há muito se diz sobre o vinho, uma caneca de cerveja (400ml) todos os dias pode ajudar a combater a diabetes, prevenir a hipertensão e outras doenças cardiovasculares, e inclusive – imaginem só – evitar o ganho de peso.

É exatamente isso mesmo que você leu, a “loira gelada não engorda”! E aqueles bem-humorados que falam em tom de brincadeira que “não é a cerveja que engorda, mas os tira-gostos”, estão corretos até certo ponto – até onde o consumo da bebida for feito moderadamente! A graduação alcoólica da cerveja é baixa (varia de 4 a 7%), e sua fórmula contém também alguns nutrientes que protegem o sistema cardiovascular, como ferro, cálcio, vitaminas e ácido fólico.

“Nesse estudo, nós conseguimos banir alguns mitos. Sabemos que a cerveja não é a culpada pela obesidade, já que ela tem cerca de 200 calorias por caneca – o mesmo que um café com leite integral”, destaca a médica Rosa Lamuela, uma das responsáveis pela pesquisa feita em parceria entre a Universidade de Barcelona, o Hospital Clínico de Barcelona e o Instituto Carlos III de Madri.

E a velha “barriguinha de cerveja,” seria mito também? Segundo os especialistas, a resposta é sim! Eles afirmam que a cerveja não é a responsável pelo aumento da gordura abdominal. A culpa, na verdade, seria dos aperitivos gordurosos, como salgadinhos e frituras, que grande parte das pessoas consome junto à bebida.

Cerveja 2

Então, se você quer tomar aquela cervejinha no final do expediente para relaxar, já pode fazê-lo sem culpa. Mas lembre-se de que o hábito deve estar associado a uma dieta saudável e a exercícios físicos regulares. No mais, como recomendam as propagandas publicitárias, aprecie com moderação!

 

 

Fotos: Reprodução. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *