Johnny Hooker em Fortaleza
28 de setembro de 2017
5 açaís em Fortaleza para quem ama essa delícia
28 de setembro de 2017
 Um evento importante e que pode gerar bons desdobramentos para a saúde da população cearense acontece hoje na Assembleia Legislativa do Ceará. A Comissão de Seguridade Social e Saúde da Assembleia Legislativa recebe, nesta quinta-feira (28), a partir das 8h30, uma exposição sobre a vacina contra dengue – denominada Dengvaxia e produzida pelo laboratório francês Sanofi Pasteur. A apresentação ocorre no Complexo de Comissões Técnicas da Casa e vai ser realizada pela diretora-médica da instituição, Sheila Homsani.

Essa é a primeira vacina contra dengue que teve a comercialização permitida no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A imunização abrange os tipos 1, 2, 3 e 4 da doença. Ela poderá ser aplicada em pacientes de 9 a 45 anos, que deverão tomar três doses subcutâneas, com intervalo de seis meses entre elas. Ainda não há uma previsão de compra para o Sistema Único de Saúde (SUS).

Mais sobre a vacina

A vacina Dengvaxia é uma vacina utilizada para ajudar a proteger crianças e adultos contra a dengue, causada pelos sorotipos 1, 2, 3 e 4 do vírus da dengue. A Dengvaxia pode ser aplicada em adultos, adolescentes e crianças dos 9 aos 45 anos de idade que moram em áreas endêmicas. A vacina, produzida pelo laboratório francês Sanofi Pasteur, contém os sorotipos 1, 2, 3 e 4 do vírus da dengue que foram enfraquecidos, portanto ela age estimulando as defesas naturais do corpo (sistema imunológico), que produz sua própria proteção (anticorpos) contra os vírus que causam a dengue.

A evolução na prevenção contra a dengue e outras arboviroses vai significar muito mais saúde e qualidade de vida para a população brasileira e cearense, sem falar nas inúmeras vidas que podem ser salvas. Nós aqui ficamos torcendo para que a vacina chegue o quanto antes aos lares e famílias aqui da terrinha!

 

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *