Material escolar pode variar até 285% este ano
4 de janeiro de 2012
Quer parar de menstruar? Saiba as consequências!
5 de janeiro de 2012

Biome Terrarium: um jardim controlado por iPad

Em um tempo em que tablets e smartphones estão dominando na preferência, por conta das muitas funções e aplicativos, não faltam também ideias inovadoras que unem a tecnologia à ações sustentáveis. Foi o que fez o designer britânico Samuel Wilkinson. Inspirado no brinquedinho japonês que foi criado em 1996, e foi uma febre no Brasil, o Tamagotchi, Samuel criou uma estufa de vidro que pode ser controlada por um iPad ou iPhone, a Biome Terrarium. Quem teve o brinquedinho japonês tinha a preocupação de cuidar de uma vida (mesmo que digital), dar comida, água botar para dormir. A ideia da estufa é quase a mesma.

A diferença é que na Biome Terrarium, um bioma em miniatura, é possível controlar com o aplicativo os níveis de água, de incidência da luz e nutrientes que mantém as plantas vivas. Os dados são monitorados usando sensores que ficam dentro da estufa. Bem mais complexo do que cuidar de uma vida virtual, na Biome tem que ter paciência e dedicação. “Manter um mini ecossistema vivo demanda paciência e dedicação, sentimentos que contrastam com o imediatismo característico desta geração conectada por smartphones”, explica Wilkinson.

Com a invenção, Samuel quer mostra quanto é complexo cuidar da vida e que a tecnologia pode estar a favor de práticas mais sustentáveis e de ações que possam melhorar a vida de todos os seres vivos. Diferente de muitos experimentos mal sucedidos que colocam em risco a vida das pessoas. Ou dos testes que muitas empresas insistem em fazer com animais, e outras que para ter um lucro cada vez maior, desmatam e acabam com ecossistema local. Claro que ninguém quer um futuro com ecossistemas em cúpulas, mas com certeza a ideia é bem criativa e serve de alerta.

 

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *