Jojo Todynho solta o verbo no Instagram para quem critica suas músicas
19 de fevereiro de 2018
Campanha Ceará Sem Drogas define locais dos próximos encontros
23 de fevereiro de 2018

A era Christopher Bailey na Burberry chega ao fim, a um ano de completar a maioridade. Como tínhamos anunciado aqui, o estilista da grife britânica encerrou sua parceria no último desfile da marca na Semana de Moda de Londres. Com as cores do arco-íris e um clima nostálgico ao som de “Don’t leave me this way”, “I Feel Love” e “Smalltown Boy”, o criador apresentou sua coleção mais jovem até hoje – inclusive no casting.

 

Blusões de plush, doudounes coloridos, it-bags, jaquetas de tactel e ótimos moletons com o nome da marca em letras coloridas (com aquele ar noventista que é desejo de toda fashionista) vestiram as nova geração da passarela proposta por Christopher Bailey. O ex-CEO e diretor criativo da Burberry revolucionou não só a marca, mas também o mundo da moda, criando uma linguagem digital, conectando a casa britânica ao mundo da internet, um dos primeiros a fazer isso desde que assumiu a Burberry em 2001.

E é com itens de desejo estampados com a bandeira do Movimento LGBTQ+ em peças icônicas da grife britânica que o estilista inglês encerra sua história na marca. E por falar em encerramento, a modelo Cara Delevigne, a qual iniciou sua carreira de modelo na Burberry, trouxe o emocionante fim do desfile cheio de cores e lasers. E assim foi a emocionante despedida de Christopher Bailey de toda sua história por trás da secular casa britânica.

Caso queria conferir o desfile na íntegra, ele foi disponibilizado no canal da Burberry no Youtube e você pode acessá-lo á seguir:

E aí, o que achou do desfile de despedida do estilista inglês para a Burberry? Conta pra gente!

Fotos: Reprodução.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *